Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Servidores protestam

Servidores da Justiça Federal paralisam atividades por 24 horas

Os servidores da Justiça Federal de São Paulo, da Bahia, do Ceará e do Amazonas devem paralisar suas atividades por 24 horas a partir desta quinta-feira (4/4). Eles estão participando do Dia Nacional de Luta por melhores salários e pela aprovação do Plano de Cargos e Salários (PCS). A notícia foi divulgada pela repórter, Ana Paula Scinocca, da Agência Estado.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do Estado de São Paulo (Sintrajud), o objetivo é pressionar o governo federal para que sejam colocados em pauta no plenário da Câmara os projetos de lei que revisam os Planos de Cargos e Salários dos servidores do Judiciário Federal e do Ministério Público.

Atualmente, no Judiciário Federal, a maior parte dos salários dos servidores é composta por cargos em comissão, que podem ser retirados a qualquer tempo por não serem asseguradas em lei salarial.

Além disso, os salários de ingresso na categoria chegam a ser até quatro vezes menor que em cargos similares em órgãos do Executivo e Legislativo.

A expectativa, segundo o sindicato, é que o movimento desta quinta-feira mobilize cerca de 100 mil servidores em todo o país. Na capital paulista, são 10 mil os servidores do Judiciário Federal. A entidade afirmou que o Tribunal Regional Eleitoral paulista também participará da paralisação.

Revista Consultor Jurídico, 4 de abril de 2002, 17h51

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/04/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.