Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bate-papo com ministro

Veja o bate-papo do ministro Marco Aurélio com internautas

(16:10:31) humberto pergunta para Marco Aurélio: Exmo. Sr. Dr. Presidente do STF, Em eventual ação civil de improbidade, poderia um juiz de primeiro grau decretar a perda da função pública de um ministro do STJ? Não deveria ser observada a prerrogativa de foro, deslocando-se este julgamneto para o Supremo?

SONIA CARVALHO: Excelência, esta e uma oportunidade raríssima, permite que eu pergunte ao senhor sobre o pagamento dos atrasados dos 11.98% do pessoal do judiciário. para ficar no assunto e o dinheiro para comprar lampiões

(16:11:22) Marco Aurélio: Sr. Marcio VInicius, o dirá o Plenário do STF e aguardo que o faça no menor espaço de tempo possível, ou seja, na próxima quarta-feira. Infelizmente, o dever funcional impede-me de emitir antecipadamente juízo a respeito.

(16:11:51) marcos: Prezado Sr. Ministro do STF - V.Exa., considera que a MP do Apagão, da maneira pela qual foi editada, e reeditada, não sobrecarrega, mais uma vez o cidadao comum e emperra o crescimento industrial do país? e não fere os princípios basilares da CF/88?

(16:12:01) Giovani: temso liminar no nosso estado pedindo para o tribunal fazer o pgto dos 11.98% atrasado, só que no momento nada foi pago. o que devemos fazer para que o tribunal cumpra as determinações?

(16:12:25) Antônio Carneiro fala para Marco Aurélio: Qual a sensação do cidadão Marco Aurélio diante da incompetência do Governo em face da crise energética?

(16:12:35) MARCELLO: Em um país onde realmente a justiça seja plena e irrestrita não caberia uma ação publica contra o governo, por não ter comunicado com antecedencia um problema de tal gravidade ?

(16:12:41) Kelsen pergunta para TODOS: O FHC não poderia ser responsabilisado, tendo em vista que ele ja tinha conhecimento da situação e não tomou as devidas providências???

(16:12:51) Jeferson Duarte: entra na sala...

(16:12:53) Marco Aurélio: Sr. Humberto, a organização judiciária impõe observância de certos patamares, e aí surge a regência por lei específica, indicando o órgão competente para o julgamento. Uma vez ocorrido, tem-se a possibilidade da revisão por órgão superior.

(16:13:38) Andre-RJ fala para Marco Aurélio: Sr. Ministro... Gostaria de saber se na sua opinião, as medidas do governo não vem a ferir o chamado principio da Razoabilidade.

(16:14:12) gaspar pergunta para Marco Aurélio: a instabilidade jurídica do país,não deriva em parte do poder de legislar do executivo através de medidads provisórias,o congresso não é o local ideal para debater crises e necesssidades sociais,ouvindo todo segmento da população?

(16:14:12) Marco Aurélio: Sr. Antonio Carneiro, reafirmo o que disse quando surgiu a crise energética. Como brasileiro, fiquei perplexo, tendo em conta o estágio que chegou.

(16:14:25) SONIA CARVALHO fala para Ricardo Thome: (16:08:51) SONIA CARVALHO: Excelencia, esta e uma oportunidade rarissima, permite que eu pergunte ao senhor sobre o pagamento dos atrasados dos 11.98% do pessoal do judiciario. para ficar no assunto e o dinheiro para comprar lampioes

(16:14:25) Helio Arruda: a sobretaxa é mesmo um confisco?

(16:14:57) SONIA CARVALHO: (16:08:51) SONIA CARVALHO: Excelencia, esta e uma oportunidade rarissima, permite que eu pergunte ao senhor sobre o pagamento dos atrasados dos 11.98% do pessoal do judiciario. para ficar no assunto e o dinheiro para comprar lampiões.

(16:15:03) ACM-CE pergunta para SONIA CARVALHO: vc eh idiota?

(16:15:15) Marco Aurélio: André, creio que a questão está ligada à crise energética. Submetida ao crivo desta Corte, estou impossibilitado de antecipadamente pronunciar-me a respeito. Aguardemos o julgamento a ser procedido pelo Plenário.

(16:15:15) TTJr: Sr. Ministro, relativamente ao novo perfil do Judiciário, temos, devido a diversos fatores, que este poder ficou com a imagem comprometida. O Sr., entretanto, sempre passou àqueles que atuam na área uma imagem diferente e de maior credibilidade. Especificamente com relação aos tributos, muito se tem falado sobre as decisões políticas. Qual o seu posicionamento a respeito?

(16:15:28) ACM-CE pergunta para SONIA CARVALHO: claro que eh....

(16:15:28) INSS fala para Marco Aurélio: Boa tarde, gostaria de dizer ao senhor que sou seu fã, lhe admiro muito pelo que vem realizando à frente do Supremo. Minha pergunta é: sou funcionário público federal, 6 anos sem reajuste salarial e ganho R$ 650.00 por mês, assim sendo, a emenda constitucional da reforma administrativa, de 4/06/98 que resulta nos 31,54% de reajuste salarial será cumprida? Quando??

(16:15:58) SONIA CARVALHO fala para ACM-CE: nao, apenas errei..........

(16:16:20) Adriano pergunta para TODOS: Ministro , refraseando a pergunta feita antes . Não mais quais foram os princípios ofendidos , mas quais o Sr. considera ameaçados ?

Revista Consultor Jurídico, 18 de junho de 2001, 14h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/06/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.