Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições na OAB

Eleições na OAB: Approbato tem 93% dos votos em Pernambuco.

Pelos primeiros boletins oficiais das eleições para a presidência da OAB Nacional, o candidato Rubens Approbato Machado obteve 28 dos 31 votos do Conselho Seccional de Pernambuco. Dois conselheiros anularam seus votos e 1 votou em branco.

No Distrito Federal, em São Paulo, Paraná, Goiás, Bahia, Amapá, Mato Grosso do Sul, Pará e Santa Catarina, Approbato teve 100% dos votos. Em Mato Grosso e no Ceará verificou-se uma abstenção em cada colégio.

Com a desistência do segundo candidato, Urbano Vitalino, já se sabe que Rubens Approbato será o próximo titular da OAB Federal. A curiosidade gira em torno dos votos brancos e nulos.

A oposição contava com que houvesse um número expressivo de votos em branco ou nulos, como forma de protesto, no Estado natal de Vitalino, Pernambuco. Esperava também que todos os conselheiros de Santa Catarina votassem em branco, o que não aconteceu.

O término da votação estava marcado para as 17h desta quinta-feira (25/1). A previsão é de que o resultado oficial seja anunciado às 17h30.

A candidatura de Vitalino foi lançada pela ala conservadora da OAB, representada pelos seus ex-presidentes, Ernando Uchôa e Roberto Batochio, que é presidente do PDT paulista.

O candidato Rubens Approbato acompanha as votações, que ocorrem simultaneamente nas 27 Seccionais do país, em Brasília. A Comissão Eleitoral, presidida pelo ex-presidente da entidade, Hermann de Assis Baeta, encontra-se reunida na sede do Conselho Federal.

Até agora não houve qualquer registro de impugnações ou queixas proveniente dos Estados.

Leia o texto a respeito da renúncia de Vitalino, clicando aqui.

Revista Consultor Jurídico, 25 de janeiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/02/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.