Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Giulia Gam e Pedro Bial brigam por Theo na Justiça

Por 

O jornalista Pedro Bial e a atriz Giulia Gam estão tentando resolver na Justiça os seus problemas.

O núcleo do problema tem nome: é Theo, o filho do casal que se separou depois de quatro anos de vida em comum.

Giulia foi para Nova York no início do ano passado, levando o filho, com o consentimento de Bial. Segundo o jornalista, contudo, sua ex-mulher dissera que passaria lá apenas uma temporada, mas acabou ficando.

Bial entrou então com um pedido de guarda na Justiça do Rio. Giulia, por sua vez, não só insiste em manter com ela a criança como agora quer pensão do papai.

Em outra versão do fato, Bial apenas não teria autorizado o retorno de Giulia para os Estados Unidos enquanto não se estabelece a regulamentação de visitas ao filho.

O juiz já teria enviado à TV Globo, onde Bial apresenta o Fantástico, e à GloboNews, onde ele também trabalha, pedido para apurar os ganhos do jornalista e sua capacidade financeira para arcar com a pensão pedida por Giulia.

Resquícios do poder

O senador Roberto Requião (PMDB/PR), está preparando uma representação contra o ex-secretario geral da Presidência da República, Eduardo Jorge Caldas Pereira.

Requião descobriu que o ex-funcionário do Palácio do Planalto, ao deixar o governo, continuou a viver como se não o tivesse feito. Não devolveu o passaporte diplomático, vermelho, com direito a tratamento especial no mundo todo.

O senador pedirá abertura de processo criminal contra Eduardo Jorge por uso indevido de documento federal.

Bom filho...

Primeiro resultado da queda-de-braço dos procuradores com o presidente FHC: a Procuradoria-Geral da União e outros órgãos da Advocacia-Geral já receberam 200 procuradores federais que estavam lotados em autarquias e fundações. A ordem partiu da AGU, leia-se Gilmar Mendes.

Posse

Embora ainda faltem dois anos, parlamentares estão trabalhando numa emenda constitucional para mudar o dia da posse do presidente da República.

Acham 1º de janeiro inconveniente por ser feriado mundial. Querem adiar para a segunda semana de janeiro.

Comentário de uma raposa felpuda: "Do jeito que o país trabalha duro no verão, suas excelências ainda acabarão marcando a posse para depois do carnaval".

Audiência

O ranking dos portais de maior procura na Internet foi levantado pelo Instituto Verificador de Circulação: em primeiro lugar UOL, seguido por BOL, Terra, Zip.net, iG e Globo.com. No segundo time alinham-se, Aol, Yahoo, Star Media e O Site.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 12 de janeiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.