Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

São Januário liberado

Juiz cassa interdição e desbloqueia renda da final da Copa João Havelange

O desembargador Walter D'Agostino, da 14ª Câmara Cível do Rio de Janeiro, liberou, no início da noite desta terça-feira (9/1), o Estádio de São Januário e mandou desbloquear a renda do jogo entre o Vasco da Gama e o São Caetano, válido pelas finais da Copa João Havelange.

A decisão foi adotada a pedido do Clube de Regatas Vasco da Gama. O desembargador concedeu efeito suspensivo à liminar dada pelo juiz de primeira instância, Miguel Cohen.

O estádio fora interditado por questões de segurança e a renda bloqueada para garantir eventual indenização aos torcedores feridos no jogo que foi interrompido pela queda do alambrado do local.

Ao mesmo tempo em que suspendeu a decisão de primeiro grau, D'Agostino solicitou informações ao juiz Cohen. Depois disso, o desembargador examinará se mantém ou não sua decisão.

Revista Consultor Jurídico, 9 de janeiro de 2001, 14h08

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.