Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Em campanha

Ciro Gomes apresenta projeto de governo em Harvard

Acompanhado da atriz Patrícia Pilar, o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, proferiu palestra na Harvard School of Government, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (22/02).

Entre os aproximadamente 150 presentes, estavam o cônsul do Brasil em Boston, Mangabeira Unger; professores, advogados, estudantes de mestrado, MIT, MBA.

Segundo o advogado brasileiro Gustavo Viseu, que faz curso de pós-graduação naquela Escola de Governo, o discurso do presidenciável, que durou cerca de duas horas, teve "tom econômico-político, bastante intelectualizado e impressionou bastante os participantes".

Gomes apresentou um programa de governo para o Brasil. O principal destaque foi o plano tributário que incluiu o IVA, Imposto Seletivo (bens supérfluos); Imposto Kaldor (tributa-se a diferença entre a receita e o valor poupado; extinguindo-se o imposto de renda na fonte); Imposto sobre herança, doações e propriedade imobiliária; entre outros. Ele também abordou a recuperação da capacidade de poupar e investir, tanto do poder público como da iniciativa privada e falou da reestruturação a Previdência Social.

O ex-governador lembrou a necessidade de renegociação de dívida interna e externa; além de um controle rigoroso da evasão de divisas. Gomes afirmou também que é preciso criar mecanismos de financiamento equivalentes aos internacionais, além de buscar formas para a superação da defasagem tecnológica e criação de uma política de favorecimento ao comércio exterior.

Nas relações com a iniciativa privada, Gomes se referiu ao incentivo à participação do trabalhador no resultado das empresas; pregou a necessidade de se realizar uma reforma agrária diferenciada, aplicando conceitos alternativos de sociedade visando produtividade e não auto-subsistência.

No campo político, frisou o conceito de reestruturação institucional, visando a implantação do parlamentarismo no Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 23 de fevereiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/03/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.