Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

TV - Justiça transmitirá julgamentos dos tribunais do país

Por 

A TV Justiça, que será de todos os órgãos do Judiciário brasileiro, transmitirá algumas sessões do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça. O STF deve criar um horário fixo para a transmissão de julgamentos dos tribunais de todo o país.

Os Tribunais poderão produzir programas especiais sobre diversos assuntos. O STF será responsável pela administração e geração das imagens para o satélite, além da produção do material veiculado.

Cobertura à venda

A 18ª Vara Cível determinou o leilão da cobertura da ex-modelo, Jackeline Diniz, para pagar dívida de R$ 2,5 milhões de IPTU. A cobertura de quase dois mil metros quadrados, na Barra da Tijuca, em frente à praia, terá o lance mínimo de R$ 4 milhões.

Jackeline foi acusada pelo assassinato do marido José Carlos Diniz, um dos maiores amigos do ex-presidente Fernando Collor.

Mudanças barradas

O Fundo de Pensão da Petrobrás (Petros) está fazendo campanha aos seus 100 mil associados para que adotem as novas mudanças em seus planos de aposentadoria. Mas teve que parar.

O juízo da 14ª Vara Federal do Rio mandou suspender as alterações nos planos.

Batalha judicial

O ator Tom Cruise está livre de um dos problemas enfrentados nos tribunais. Michael Davis chegou a garantir que tinha um vídeo em que o ator mantinha relações homossexuais. Por isso, foi processado por Tom Cruise. Em Juízo, Davis negou suas declarações, de acordo com o canal de notícias Blomberg.

Cruise pedia 100 milhões de dólares por danos morais. Mas como Davis não confirmou as declarações, o ator desistiu do processo. Segundo o canal, a próxima luta é com atriz Nichole Kidman de quem o ator está se divorciando.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 4 de dezembro de 2001, 14h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/12/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.