Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

CPI da dívida pública

Deputado quer criar CPI da dívida pública em São Paulo

A redução dos gastos com pagamento em amortizações da dívida pública e o conseqüente aumento dos valores comprometidos com os juros vai levar o Estado de São Paulo ao colapso financeiro.

Esta é a conclusão de um estudo feito pelo gabinete do deputado estadual, Renato Simões (PT), que iniciou coleta de 33 assinaturas necessárias para protocolar na Assembléia Legislativa de São Paulo o pedido de instalação da CPI da dívida pública.

O estudo mostra que, em 1994, a dívida total do Estado de São Paulo era de R$ 23 bilhões. Em abril de 2001 já atingia R$ 84 bilhões, segundo o balanço geral do Estado, feito em dezembro do ano passado.

No entanto, o que mais preocupa o deputado é que enquanto foram efetuados apenas R$ 149 milhões com amortizações em abril de 2001, o pagamento de juros chegou a R$ 1,09 bilhão.

Segundo o deputado, o resultado mostra que mesmo com o refinanciamento da dívida ocorrido em 1997 (que teve como conseqüência as privatizações e o ajuste fiscal com cortes nos investimentos sociais), o Estado de São Paulo caminha para o colapso financeiro, contrariando as declarações do governo de que as contas do estado estão saneadas".

Revista Consultor Jurídico, 16 de agosto de 2001, 10h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/08/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.