Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Comind: ex-dirigentes deverão pagar cerca de R$ 400 mi ao BC.

Por 

O Banco Central deverá receber cerca de R$ 400 milhões dos ex-controladores do banco Comind. Foi o que determinou o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Se o BC perdesse a parada, o contribuinte seria obrigado a pagar R$ 70 milhões, a título de honorários, aos advogados que patrocinavam à causa do banco falido.

Quase escravidão

A diretora do Liberal Asset Management, Verônica Nieckele, irá responder a inquérito civil público.

A procuradora do Trabalho Lisyane Chaves Mota, em solicitação de investigação ao Ministério Público, acusa a diretora de "submeter as funcionárias a normas discriminatórias e violadoras da ordem jurídica trabalhista".

Segundo a procuradora, na empresa – que administra os recursos do Bank of America no Brasil – as funcionárias seriam obrigadas a trabalhar 12 horas por dia.

Outra irregularidade seria o rodízio caso as funcionárias queiram engravidar, com direito a apenas um mês de licença maternidade.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 25 de setembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/10/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.