Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Carro-bomba

Juiz da Suprema Corte espanhola é assassinado em atentado

Uma explosão de um carro-bomba na cidade de Madri matou, nesta segunda-feira (30/10), o juiz da Corte Suprema espanhola, Juan Francisco Querol Lombardero. O motorista e o guarda-costas do magistrado também morreram. Cerca de outras 60 pessoas ficaram feridas.

A autoria do atentado não foi assumida por nenhum grupo terrorista. No entanto, a polícia suspeita que o ETA, grupo separatista Basco, tenha sido o responsável pelo crime.

Calcula-se que o grupo separatista já tenha assassinado 117 pessoas em Madri, 56 delas em atentados com carros-bomba. Manifestantes se reuniram na Praça da Vila de Madri e fizeram cinco minutos de silêncio em protesto ao atentado.

Fonte: Agência Brasil -Europa Press

Revista Consultor Jurídico, 30 de outubro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/11/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.