Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Inferno astral

Prefeitos enfrentam acusações no Brasil e na França

Enquanto o prefeito de São Paulo, Celso Pitta - em meio a protestos estudantis e uma avalanche de denúncias - aguarda o que o futuro pode lhe reservar, outros colegas dele também estão passando por maus pedaços.

O ex-prefeito de Guarulhos, Nefí Tales foi preso, nesta quarta-feira (15/3). Ele é acusado de falsidade ideológica e crime contra a administração pública.

As acusações referem-se ao envolvimento do ex-prefeito com as irregularidades, constatadas pela CPI do crime organizado, que investiga a cobrança de serviços prestados pela empresa de segurança Resilar.

Tales foi afastado da prefeitura no final de 1998 e teve seu mandato cassado em 1999.

Já o prefeito de Campinas, Chico Amaral (PPB), terá o futuro decidido, na próxima sexta-feira (17/3), pela Câmara de vereadores da cidade que manterá ou não o processo de cassação do qual o prefeito é alvo.

Em Araçariguama, município que fica a 22 km da capital paulista, o prefeito Moyses de Andrade enfrenta a acusação de ter desviado verbas repassadas pelo Ministério da Saúde.

Mas a situação não se limita ao âmbito nacional. O prefeito de Paris, Jean Tiberi, foi suspenso de seu partido em razão da existência de 1,5 mil militantes fantasmas em seus quadros.

Além de Tiberi, quatro de seus assessores também estariam envolvidos nas irregularidades.

Revista Consultor Jurídico, 15 de março de 2000.

Revista Consultor Jurídico, 15 de março de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/03/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.