Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Rio: Advogado vai pedir que Gracie se entregue à polícia

Por 

Procura-se Gracie

Desde as primeiras horas desta quarta-feira (23/2), o professor de jiu-jitsu Ryan Gracie está sendo procurado pela polícia. Sua prisão preventiva foi decretada pelo juiz João Guilherme Chaves Rosas Filho.

Como revelou a revista Consultor Jurídico em primeira mão, eram grandes as chances do juiz aceitar as alegações da promotora Mônica Costa, que acusou o lutador de tentativa de homicídio contra Marcus Vinicius Martins da Rosa.

O advogado de Ryan, André Anet, disse que vai orientar seu cliente a se apresentar para a polícia, mas não soube informar onde ele está.

"Sei que ele está em algum ponto de SP, cidade onde tem sua academia, mas ainda não falei com ele, afirmou."

Carência abusiva

Um exemplo de cláusula abusiva nos planos de saúde é o prazo de carência em caso de emergência. A decisão foi firmada pelos desembargadores da 11ª Câmara Cível, presidida por Luis Eduardo Ralbello e relatada por Claudio de Mello Tavares.

O problema foi levantado por Vanderlúcia Tomaz Barbosa, que internou seu filho Gabriel Barbosa, de 4 meses, com coqueluche e pneumonia, quase chegando a ter parada respiratória. Gabriel foi atendido pela Clínica Pediátrica da Barra, que possui convênio com o Bradesco Saúde.

Depois de um dia de internação, os responsáveis pela Clínica avisaram à mãe do bebê que o plano de saúde não pagaria mais a internação porque o contrato fora feito três dias antes de Gabriel nascer e exigia um prazo de carência de pelo menos seis meses.

A 11ª Câmara Cível decidiu que o direito à vida é maior que as questões formais de um contrato e que um caso de emergência é impossível de ser previsto. O Bradesco Saúde vai ter que arcar integralmente com os custos do atendimento.

Da areia para a Justiça

O jogador da seleção brasileira de futebol de areia e ex-jogador do Flamengo, Júnior, vai entrar na Justiça contra o Terra Encantada, megainvestimento na Barra da Tijuca. Vai tentar culpar o parque temático pela falência de seu restaurante, Taco del Maestro. Diz que teve um prejuízo de R$ 300 mil e irá correr atrás do ressarcimento.

Mateo na Justiça

O galã Thiago Lacerda vai jogar pesado contra Leão Lobo. Ele está entrando na Justiça contra o apresentador com duas ações: uma por danos morais e outra por calúnia e difamação. Inconformado, Thiago o acusa de ter posto em dúvida sua masculinidade, em seu programa e em entrevistas na TV. Segundo o advogado contratado pelo ator, Sylvio Guerra, "Leão pode ser condenado a até três anos de prisão".

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 23 de fevereiro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/03/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.