Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Noivas atrasadas em igreja de Curitiba precisam pagar multa

Por 

Um padre de Curitiba estava cansado de esperar por noivas que demoram horas para entrar na Igreja como manda a tradição. Então, resolveu instituir na paróquia uma multa por hora de atraso.

Passou a cobrar R$ 250 por hora. Está faturando horrores.

Aterrorizado

O juiz Nicolau dos Santos está vivendo dias de pânico. Com medo de morrer envenenado na Polícia Federal, come somente o que vem de sua casa.

Ele contou a uma filha que sonha com alguém entrando em sua cela e atirando à queima- roupa. Cismou até com o chuveiro elétrico do xilindró, com medo de levar choque.

Mas Lalau que se acalme: como estamos no Brasil, advogados experientes juram que pelo volume das denúncias, ele somente será julgado nos próximos 5 anos, quando terá 77 anos. Pela lei, não poderá mais ir para a prisão.

Do outro lado

O procurador-geral do Estado do Rio de Janeiro, José Muiños Piñeiro Filho, está vivendo o outro lado da moeda: é acusado de abuso do poder econômico e administrativo na eleição para o cargo que ocupa.

Ele teria montado um comitê de campanha na própria sede do Órgão e de mandado telegramas a todos os promotores com recurso da Casa.

O "imbrolio" vai ser decidido na reunião do Conselho Superior do Ministério Público, na próxima terça-feira (02/01)

Futebol só na praia

O jogador Edmundo está de férias e desprezado até o momento por todos os clubes. O jogador tem dado expediente em outra freguesia.

Passa os dias batendo bola e jogando conversa fora, na praia de Ipanema. Em tempo: o humor anda mais animal do que nunca.

Irritou o Planalto

Henri Reichstul, presidente da Petrobrás, mexeu em vespeiro ao mudar o nome da estatal para Petrobrax. No Planalto, gente graúda sugeriu que cuidasse do próprio sobrenome, trocando-o para Rei Chuchu.

PF modernizada

A licitação da Polícia Federal para implantação dos equipamentos anti-escuta telefônica criptografada deverá alclançar 300 milhões de dólares.

Disputam, entre outros pesos-pesados mundiais , a francesa Thompson, a israelense Elbit e um consórcio formado pela European Aeronautic Defense and Space, Daimler --Chrysler, Construcciones Aeronauticas e Aérospatiale/ Matra.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 29 de dezembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.