Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Roberto Carlos está na Justiça para romper contrato com a Sony

Por 

Roberto Carlos quer romper o contrato com a gravadora Sony Music, depois de ter ficado quase 40 anos como cantor exclusivo da gravadora.

O rei também está pedindo uma indenização de quase cinco milhões. O motivo é atraso de pagamentos e também perda de danos.

Segundo a ação, a gravadora deu um adiantamento de R$ 300 mil para ajudar a pagar o tratamento médico de sua mulher, Maria Rita.

O advogado explicou que o recibo de adiantamento, assinado pelo cantor, foi adulterado em prejuízo aos seus direitos. A ação está tramitando na 29ª Cível do Rio de Janeiro.

Flamengo na Justiça

O juiz da 19ª Vara Criminal aceitou a queixa crime movida pelo conselheiro do Flamengo, Paulo César Ferreira, contra o presidente do Clube, Edmundo Santos Silva. A ação na Justiça é por calúnia feita pelo dirigente contra o conselheiro.

A primeira audiência, quando o presidente do flamengo confirmará ou negará tudo, acontecerá no dia 12 de janeiro.

Bondinho de volta

Está marcado para esta semana, depois de permissão judicial, o reinício do funcionamento do bondinho do Pão de Açúcar.

Por sugestão da TurisRio , a viagem de reinauguração será percorrida por empresários do setor de turismo ressentidos com o prejuízo da longa paralisação.

Pagamento

A EIT-Empreiteira já entrou na Justiça para tentar receber do município do Rio, cerca de R$ 3 milhões por obras feitas e não quitadas em Botafogo. As obras foram realizadas dentro do Projeto Rio-Cidade.

Na ação, foi citada também a Secretaria de Obras, dirigida por Ângela Fonti, secretária nas administrações de Luiz Paulo Conde e César Maia.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 19 de dezembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/12/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.