Consultor Jurídico

Morre Erik Jayme, um dos maiores nomes do Direito Internacional Privado

2 de maio de 2024, 16h42

imprimir

Morreu, nesta quarta-feira (1º/5), o alemão Erik Jayme, professor da Faculdade de Direito da Universidade de Heidelberg, na Alemanha.

Erik Jayme, professor da universidade de Heidelberg, na Alemanha

Jayme era considerado um dos nomes mais respeitados do Direito Internacional Privado no mundo. Ele coordenou a Academia de Direito Internacional de Haia, nos Países Baixos, e o Instituto de Direito Internacional.

Fundador da Associação Luso-Alemã de Juristas, o professor recebeu em 2008 a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul — a mais alta condecoração brasileira concedida a personalidades estrangeiras — devido à sua contribuição para o Direito brasileiro e para o diálogo com pessoas da área.

Ele também tinha o título de doutor honoris causa pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), por sua contribuição à ciência do Direito, ao Diálogo intercultural e à cooperação com os países lusófonos.

Por muitos anos, Jayme liderou o intercâmbio entre a UFRGS e a Universidade de Heidelberg. Também teve atuação decisiva para a criação do Centro de Estudos Europeus e Alemães em Porto Alegre.

O professor também era doutor honoris causa pelas Universidades de Coimbra (Portugal), Ferrara (Itália), Budapeste (Hungria) e Montpellier (França).

“Por sua influente obra, seu brilhantismo, mas, sobretudo, por sua generosidade com todos e a genuína amizade pelo Brasil, agradecemos e enviamos consternados, aos familiares e aos colegas alemães, os nossos mais sinceros pêsames”, disse, em nota de pesar, a professora Claudia Lima Marques, diretora da da Faculdade de Direito da UFRGS.