Análise antitruste

Cade abre vaga de estágio para estudantes de Direito ou Economia

 

1 de junho de 2024, 12h44

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) está com oportunidade de estágio para atuação na Coordenação-Geral de Análise Antitruste 11 (CGAA11). A vaga é destinada a estudantes de graduação em Direito ou Economia.

123RF

Os interessados deverão enviar currículo com o assunto “Vaga CGAA11” para o e-mail [email protected] até o dia 11 de junho. A triagem dos currículos e entrevistas serão realizadas até o dia 19 de junho.

A vaga é para trabalho presencial, com a jornada de trabalho de quatro ou seis horas diárias. O estagiário irá atuar com foco no desenvolvimento de atividades voltadas ao acompanhamento e à instrução processual.

Entre elas, estão a realização de pesquisa jurisprudencial, doutrinária e de direito comparado, elaboração de minuta de material para apresentação em eventos e demais atividades que auxiliem o trabalho da área.

O valor da bolsa de estágio é R$ 787,98 para a jornada de quatro horas, e R$ 1.125,69 para de seis horas, com o turno do estágio sendo preferencialmente vespertino. Ainda há auxílio-transporte no valor de R$ 10 por dia.

O estágio requer proatividade, boa redação, habilidade com Excel, Power Point, inglês intermediário ou avançado. Conhecimento em Direito Empresarial ou Defesa da Concorrência serão considerados diferenciais.

Confira mais detalhes do processo seletivo.Sobre o programa de estágio do CadeIntitulado “Cade Ensina”, o programa de estágio do Cade visa qualificar os estudantes para as competências necessárias em suas futuras atividades profissionais, além de contribuir para a disseminação da cultura da defesa da concorrência, um dos pilares de atuação da autarquia.

Conforme as disposições legais da Instrução Normativa nº 213/2019, da Lei nº 11.788/2008 e do Decreto nº 9.427/2018, 10% das vagas de estágio do Cade são reservadas a estudantes com deficiência compatível com as atividades a serem realizadas e 30% das vagas são reservadas a estudantes negros. Com informações da assessoria de imprensa do Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

Tags:

Encontrou um erro? Avise nossa equipe!