Consultor Jurídico

OAB-SP forma listas do quinto constitucional para vagas no TJ-SP

31 de outubro de 2023, 20h24

Por Redação ConJur

imprimir

O Conselho Secional da OAB de São Paulo promoveu nesta terça-feira (31/10) a votação para formar as listas sêxtuplas para o preenchimento de duas vagas no quadro de desembargadores do Tribunal de Justiça paulista (TJ-SP).

Divulgação
A abertura do processo do quinto constitucional — classe dos advogados — ocorreu em razão da aposentadoria dos desembargadores Moacir Andrade Peres e Walter Piva Rodrigues.

Durante a sessão, os 18 candidatos de cada edital que passaram pela primeira fase tiveram sete minutos cada um para responder às perguntas sorteadas em tempo real pela Presidência da OAB-SP.

As arguições e votações foram conduzidas por Patricia Vanzolini, presidente da OAB-SP; Leonardo Sica, vice-presidente; Dione Almeida Santos; secretária-geral adjunta; e Alexandre de Sá Domingues, tesoureiro.

Essa foi a segunda vez que as regras de paridade de gênero (50%) e de equidade racial (mínimo de 30% de advogadas e advogados negros) foram aplicadas para a formação das listas sêxtuplas do TJ-SP.

Os nomes aprovados para concorrer à vaga do edital 1/2023 são:

  • Claudia Patricia de Luna Silva;
  • Eneas de Oliveira Matos;
  • Debora Vanessa Caus Brandão;
  • Rogério Nemeti;
  • Glauco Guimerato Ramos; e
  • Ana Paula Corrêa Patiño.

Os nomes aprovados para concorrer à vaga do edital 2/2023 são:

  • Claudia Patricia de Luna Silva;
  • Adriano Cesar Braz Caldeira;
  • Walter Luis Silveira Garcia;
  • Marcelo Ferrari Tacca;
  • Ilana Müller; e
  • Debora Vanessa Caus Brandão.