Sacudiu a poeira

Rogério Favreto é eleito diretor de escola de Magistratura do TRF-4

Autor

27 de maio de 2023, 10h16

O desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, foi eleito, por unanimidade, diretor da Escola de Magistratura da corte. A informação é do jornalista Matheus Leitão, da revista Veja

Sylvio Sirangelo/TRF-4
Desembargador foi eleito diretor da Escola de Magistratura do TRF-4 por unanimidade
Sylvio Sirangelo/TRF-4

A Escola de Magistratura do TRF-4 é responsável por promover a formação inicial dos novos juízes federais e também pela qualificação permanente do corpo de magistrados da corte. 

"Pretendo dialogar com os novos magistrados para que, além da qualificação técnica que possuem, compreendam a realidade social, econômica e política que envolvem as demandas judiciais, objetivando uma prestação jurisdicional mais efetiva e protetiva dos direitos para aqueles que buscam o Judiciário", disse o novo diretor à Veja

Favreto foi alvo de perseguição após ordenar a soltura do ex-presidente Lula, então preso em Curitiba desde 7 de abril. Assim que a decisão foi proferida,  procuradores da "lava jato" no Paraná passaram a articular uma manobra para impedir que a decisão fosse cumprida. 

 O então juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba Sergio Moro, em férias, disse ter sido orientado pelo presidente do TRF-4, desembargador Thompson Flores, a desobedecer a decisão.

Gebran Neto, relator da "lava jato" no tribunal, proibiu a Polícia Federal de cumprir a ordem de soltura. Favreto teve seu telefone e endereço vazado por grupos extremistas e teve sua honra atacada por um sem número de personagens.

Um deles foi o jornalista bolsonarista Davy Albuquerque da Fonseca, criador do site Conexão Política, que foi condenado a pagar indenização de R$ 10 mil, por danos morais.

Tags:

Encontrou um erro? Avise nossa equipe!