Ergue o braço!

Justiça nega pedidos de Fla e Flu e mantém Vasco x Palmeiras no Maracanã

Autor

19 de abril de 2023, 14h45

Por considerar sem sentido os argumentos apresentados pelos clubes Flamengo e Fluminense, o desembargador Luiz Eduardo Cavalcanti Canabarro, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, manteve nesta terça-feira (18/4) liminar que garante o jogo entre Vasco e Palmeiras no Estádio do Maracanã, no próximo domingo (23/4). 

Divulgação/Portal da Copa
Divulgação/Portal da CopaNove partidas serão disputadas no estádio somente em abril

O jogo é válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A decisão assegura a permissão para a venda de ingressos.

No pedido, a dupla Fla-Flu, que tem permissão para mandar jogos no Maracanã, argumentou que a partida pode trazer prejuízos ao gramado do estádio. Para o magistrado, isso não faz sentido, já que os dois times jogarão em dois dias seguidos no Maracanã, nesta semana. Nesta terça (18/4), o Fluminense jogou contra o The Strongest, da Bolívia, pela Copa Libertadores. Já o Flamengo joga na quarta (19/4) contra o Nublense, do Chile, pelo mesmo torneio.

"Ressalte-se que o argumento do permissionário de que se faz necessário preservar o gramado do Maracanã cai por terra quando já se encontram marcadas nove partidas para o referido estádio no mês de abril, salientando-se que só na presente semana, em um intervalo de apenas seis dias serão disputadas nada menos do que quatro jogos”, destacou o desembargador.  

"Desta feita, tendo em vista que os próprios permissionários não seguem a recomendação da empresa que cuida da manutenção do gramado de se respeitar um intervalo de no mínimo 48 horas entre as partidas, não se afigura razoável impor tal atitude as demais agremiações, sendo certo que eventuais danos causados ao gramado ou a quaisquer outros equipamentos existentes no interior do estádio poderão ser devidamente cobrados do agravado."  

Diante da previsão de grande público, o Vasco fez no dia 23 de março a primeira solicitação para jogar no estádio. Sem resposta da dupla Flamengo e Fluminense, o clube enviou no dia 3 de abril novo ofício, dessa vez com cópia para Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, mas de novo não obteve retorno. 

A diretoria cruz-maltina, então, não viu outra alternativa senão levar o conflito para os tribunais e ingressou com ação na Justiça na semana passada, conseguindo a liminar deferida pela 35ª Vara Cível do Rio. Com informações do TJ-RJ.

Clique aqui para ler a decisão relativa ao pedido do Flamengo
Clique aqui para ler a decisão relativa ao pedido do Fluminense
Processos 0026713-07.2023.8.19.0000 e 0026681-02.2023.8.19.0000
 

Tags:

Encontrou um erro? Avise nossa equipe!