Consultor Jurídico

Após ter sustentação negada, advogado dá voz de prisão a magistrado

imprimir

Uma sessão da 3ª turma do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região desta quarta-feira (21/9) viralizou entre a comunidade jurídica. Na ocasião, um advogado decidiu dar voz de prisão a um desembargador após ter um pedido de sustentação oral negado.  A informação é do portal Migalhas.

Reprodução
Briga entre advogado e desembargador começou em dezembro de 2020
Reprodução

A origem do entrevero entre o causídico e o magistrado, contudo, é antiga, e teve início em dezembro de 2020. O advogado xingou o desembargador após ele dizer que a sua sustentação oral estava confusa.

Após o insulto, o julgador pediu vista do processo e disse que mudaria o voto. Na sessão da última quarta-feira, ele cumpriu a palavra e mudou o entendimento. O advogado então pediu para renovar sua sustentação oral e, ao ter a solicitação negada, começou uma discussão. A sessão acabou sendo suspensa. 

Clique aqui para ver e entrevero a partir do minuto 25