Consultor Jurídico

Constituição e Warfare

IDP recebe Christopher Thornhill para lançamento da cátedra Celso de Mello

O Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP) vai lançar, nesta quinta-feira (12/5), a cátedra Celso de Mello, com uma palestra do professor Christopher Thornhill, da Universidade de Manchester.

O lançamento começa as 19h, e ocorre em formato híbrido: presencial, mas com transmissão online. O tema do evento é "Constitutional Law & Warfare", lei constitucional e estado de guerra.

Participa do evento o professor João Paulo Bachur, que é doutor em Ciência Política pela USP e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Direito Constitucional do IDP/BSB.

Também estará presente o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, que é doutor em Direito pela Universidade de Münster.

Por fim, Christopher Thornhill, é doutor em Filosofia pelas Universidades de Cambridge and Frankfurt am Main, e professor de Direito da Universidade de Manchester.

Cátedra internacional
O IDP criou a cátedra logo após a aposentadoria do ministro Celso de Mello, em outubro de 2020. Segundo o IDP, a cátedra visa a criar um polo de expertise transversal dedicado à investigação, à discussão e à difusão de conhecimentos em Direito Constitucional.

Para o instituto, Celso de Mello é reconhecido cultivador da interlocução entre ordens e experiências jurídicas diversas e também responsável pela criação de inúmeras pontes de diálogo entre o saber dos juristas e os saberes circundantes, como a filosofia, a sociologia, a psicologia, a economia, a história.

O programa foi desenhado para beneficiar tanto pesquisadores júniores (doutorandos e jovens doutores) quanto pesquisadores sêniores (com mais de três anos de defesa do doutorado). Os laureados desempenharão atividades de pesquisa previamente avaliadas por um comitê científico. Entre suas responsabilidades estarão a promoção de um seminário semanal e de um evento acadêmico aberto à comunidade local.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 11 de maio de 2022, 12h26

Comentários de leitores

0 comentários

Ver todos comentáriosComentar