facebook-pixel
Consultor Jurídico

Jornalista lança livro na Faap sobre uso político do celular

22 de junho de 2022, 11h00

Por Redação ConJur

imprimir

O uso do celular como ferramenta política, principalmente para disseminar fake news, é um dos principais focos de discussão da jornalista Neuza Sanches no livro "Celular: democrático ou autoritário?" (Editora Contexto). A publicação será lançada nesta quarta-feira (22/6), às 19h, no Centro Universitário Faap, com a presença do ex-ministro da Justiça Nelson Jobim.

Divulgação
Jobim foi um dos entrevistados do livro, que contou também com depoimento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; do ex-porta-voz da Presidência e ministro de Estado de Comunicação Social, Thomas Traumman; entre outros nomes.

A publicação é resultado do trabalho de conclusão de curso da jornalista para o curso de pós-graduação em Comunicação e Marketing Digital da Faap e tem o objetivo de mostrar, com entrevistas e pesquisas atualizadas, como o celular se transformou num poder nas mãos dos bastidores e mudou a sociedade nacional.

O bate-papo entre Neuza Sanches e Nelson Jobim terá mediação do professor Thiago Costa, coordenador da pós-graduação em Comunicação e Marketing Digital da FAAP. O evento é aberto ao público e será seguido de sessão de autógrafos. Para participar, é necessário fazer a inscrição. Também haverá transmissão simultânea pelo Youtube da FAAP.

Lançamento do livro Celular: democrático ou autoritário?

Data: 22/6 (quarta-feira)

Horário: das 19h às 22h

Local: FAAP — Centro de Convenções

Endereço: Rua Alagoas, 903 — Higienópolis

Inscrições: https://central.faap.br/inscricaoonline/eventos/EventoIdentificacao.aspx?curso=E00342/22

Transmissão online pelo Youtube da FAAP