facebook-pixel
Consultor Jurídico

Advogada prevê aumento de processos de insolvência no país

5 de julho de 2022, 21h59

Por Redação ConJur

imprimir

O cenário da insolvência no Brasil vem sofrendo alterações após o ápice da crise da Covid-19, tornando-se mais robusto e complexo. Por isso, a advogada Juliana Bumachar, conselheira federal da OAB e sócia no escritório Bumachar Advogados, acredita que haverá um aumento do número de recuperações judiciais, extrajudiciais e até de processos de falência nos próximos meses.

TV ConJur
Advogada Juliana Bumachar,
conselheira federal da OABTV ConJur

Na última semana, a especialista em Direito da Insolvência esteve em Portugal para participar do X Fórum Jurídico de Lisboa, organizado pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

Juliana lembra que, nos últimos anos, houve a expectativa de um boom das recuperações judiciais em função da crise. No entanto, isso não ocorreu até agora, o que, segundo ela, pode ser explicado pelas negociações entre devedores e credores.

A advogada também destacou modificações importantes trazidas pela nova Lei de Recuperação Judicial e Falências, como a mediação para os processos de RJ, a insolvência transnacional e a possibilidade do plano de recuperação apresentado pelos credores. "Acredito que sejam pontos relevantes para essa alteração, que tem se mostrado bem positiva para os processos", opinou ela.

O X Fórum Jurídico de Lisboa contou com o apoio da FGV Conhecimento, do Instituto Brasileiro da Insolvência (Ibajud), do Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (IREE) e do escritório Décio Freire Advogados.

Clique aqui para assistir à entrevista ou veja abaixo: