Consultor Jurídico

pedido de bolsonaristas

Fachin nega seguimento a Habeas Corpus para caminhoneiro Zé Trovão

Nesta sexta-feira (10/9), o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, não conheceu de um Habeas Corpus impetrado em favor do caminhoneiro Zé Trovão.

Caminhoneiro Zé Trovão é apontado como articulador de atos antidemocráticosReprodução/Youtube

Um dos principais líderes dos protestos contra o STF e a favor do presidente Jair Bolsonaro, ele está foragido no México após o ministro Alexandre de Moraes decretar sua prisão preventiva, pela suposta organização de atos antidemocráticos.

O HC foi apresentado pelos deputados Vitor Hugo (PSL-GO) e Carla Zambelli (PSL-SP), ambos apoiadores de Bolsonaro. Eles argumentavam que não haveria mais riscos de Zé Trovão cometer novos crimes, pois o feriado de 7 de setembro já passou. As informações são do jornal O Globo.

O ministro relator considerou que o HC não seria a via processual adequada para questionar a decisão de Alexandre. Fachin lembrou que o procurador-geral da República, Augusto Aras, se manifestou da mesma forma no HC que questionava a prisão preventiva do ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB.

HC 206.351




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 10 de setembro de 2021, 22h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/09/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.