Consultor Jurídico

Sem dolo

Titular de conta usada para golpe de crédito consignado é absolvido

O juízo da 19ª Vara Criminal da Barra Funda absolveu um homem que teve sua conta bancária usada em golpe de crédito consignado, pois ele não teve conhecimento do crime.

Homem usado como laranja em golpe de crédito consignado foi absolvido em SP
Dollar Photo Club

No caso em questão, o réu comprovou que não participou do golpe e que abriu a conta a pedido do seu então chefe. Ele alegou que só posteriormente soube que a conta havia sido usada para prática de estelionato.

Ao analisar o caso, o juiz entendeu que o outro acusado, chefe do homem absolvido, pediu ao funcionário que abrisse a conta no banco, sabendo da prática do crime. Mas o empregado não cometeu ilícito algum, já que não acessou a conta e não lucrou com a conduta criminosa. Diante disso, ele foi absolvido. A defesa foi feita pelo advogado Alexandre Lagoa Locatelli.

0022068-61.2018.8.26.0050




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de setembro de 2021, 19h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/09/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.