Consultor Jurídico

Reação ao autoritarismo

Randolfe entra no STF com notícia-crime contra Bolsonaro pelas ameaças de 7/9

Por 

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) ingressou com notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro no Supremo Tribunal Federal para que ele seja investigado por ameaçar descumprir decisões do ministro Alexandre de Moraes e atentar contra o funcionamento do Judiciário. A ministra Carmen Lúcia foi sorteada relatora.

Randolfe quer investigação de Bolsonaro.Moreira Mariz/Agência Senado

A representação do senador é consequência dos atos patrocinados por Bolsonaro e seus seguidores no 7 de setembro, em Brasília e São Paulo, quando o mandatário atacou duramente, além do ministro Alexandre, também o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e recorreu às suas conhecidas bravatas para ameaçar o Judiciário.

O parlamentar quer que a Procuradoria-Geral da República seja intimada para promover o oferecimento da denúncia contra o Presidente da República pela prática de crimes de atentado contra a ordem constitucional, o Estado Democrático de Direito e a separação dos Poderes, conforme prevê a Constituição Federal, especialmente “a abertura de inquérito contra Bolsonaro, por sua grave ameaça ao livre funcionamento do Judiciário e pelo uso de recursos públicos para financiar os atos antidemocráticos, na forma da (ainda vigente) Lei de Segurança Nacional”.

Também requer investigação sobre o financiamento dos atos do dia 7 e também a utilização da máquina estatal para sustenta-los, como o uso de aeronaves da Presidência e funcionários à disposição de Bolsonaro.

“As ameaças contra o Poder Judiciário, notadamente ao TSE e ao STF, nas pessoas dos Ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, são inaceitáveis e apenas confirmam, mais uma vez, que o Senhor Jair Bolsonaro não pretende pacificar a relação com os demais Poderes da República e, como já se desenha para 2022, aceitar sua derrota e transmitir pacificamente o cargo que ocupa”, afirma o senador.

Ao requerer investigação sobre o financiamento dos dois atos realizados em Brasília e São Paulo, Randolfe Rodrigues afirma que diversos vídeos mostram manifestantes uniformizados e recebendo notas de R$100,00 para irem aos protestos. Uma das empresas citadas nas imagens, segundo ele, é a Máquinas Agrícolas Jacto S.A.

Além disso, conforme a notícia-crime, a pessoa que grava o vídeo cita explicitamente que a família Nishimura, fundadora da Jacto, está patrocinando aquele ato. "Dessa forma, é importante investigar a origem dos recursos distribuídos aos manifestantes, a contratação dos ônibus e das camisetas e outros materiais utilizados no ataque ao Poder Judiciário e à própria democracia brasileira", sustenta o senador.

Clique aqui para ler a notícia-crime

Pet. 9.910




Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 8 de setembro de 2021, 10h35

Comentários de leitores

7 comentários

Caramba! Aceita o resultado das urnas, que dói menos

VASCO VASCONCELOS -ANALISTA,ESCRITOR E JURISTA (Administrador)

Se a voz do povo é a voz de Deus, depois desse apoio maciço da população brasileira
ao grande estadista e homem público,
Presidente Bolsonaro, as figuras pálidas deste país , num gesto de grandeza deveriam se curvar ao Presidente da República, em respeito à nossa,Lex Mater: "TODO PODER EMANA DO POVO "
isso é Espírito de Brasilidade
SALVE O DIA 7 DE SETEMBRO
Torna-se imperioso e urgente o grande estadista e homem público Presidente Jair Bolsonaro eleito democraticamente com quase 58 milhões de votos assumir as rédeas do nosso querido Brasil.
VAMOS RESPEITAR O SUFRÁGIO DAS URNAS
ISSO É ESPÍRITO DE BRASILIDADE

"VAI DAR TUDO CERTO " SE DEUS É POR NÓS, QUEM SERÁ CONTRA NÓS?

"SALVE LINDO PENDÃO DA ESPERANÇA "

ISSO É ESPÍRITO DE BRASILIDADE
Brasília, 06 de setembro de 2021
https://www.gentedeopiniao.com.br/opiniao/salve-o-bicentenario-da-independencia-do-brasil Salve o bicentenário da Independência do Brasil

Será que realmente conquistamos nossa independência, Excelências?
Por Vasco Vasconcelos, escritor e jurista e abolicionista contemporâneo “Viva a independência e a separação do Brasil. Pelo meu sangue, pela minha honra, pelo meu Deus, juro promover a liberdade do Brasil. Independência ou Morte!” Frase histórica de D. Pedro I, em 7 de setembro de 1822, às 16:30hs.

Peço vênia” para iniciar este Artigo com a letra do HINO DA INDEPENDÊNCIA, letra de Evaristo da Veiga e música de D.Pedro I.

“Já podeis da Pátria filhos/ Ver contente a Mãe gentil/ Já raiou a Liberdade/ No Horizonte do Brasil/ Já raiou a Liberdade/ Já raiou a Liberdade/ No Horizonte do Brasil (Refrão) Brava Gente Brasileira Longe vá, temor servil/ Ou ficar a Pátria livre, Ou morrer pelo Brasil. Ou ficar a Pátria livre/ Ou ..

O Senador DPVAT???

Eliel Karkles (Advogado Autônomo - Civil)

Alô pessoal do Amapá... Não tem ninguém melhor para votar? Isso não é sério. Votem em alguém que bem represente o Estado do Amapá. Veja alguém melhor. Isso só envergonha o Estado de vocês.

Muita "bala na agulha"

Valdomiro Nenevê (Agente da Polícia Federal)

125 mil pessoas na paulista? Fala sério, a PM do Dória, inimigo declarado do capitão, fez esse registro bem abaixo da real situação. Só na Paulista seriam umas 800 mil pessoas, e em Brasília? Rio de Janeiro? Curitiba? Belo Horizonte? e mais 300 cidades quantos mais teriam? O pior cego é aquele que não quere enxergar.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 16/09/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.