Consultor Jurídico

Comentários de leitores

6 comentários

Isto se chama prevaricação.

ECFRITZ (Outros)

Quer dizer que se o presidente da República cometer um crime e o presidente da câmara não julgar o pedido de impeachment, não seria isto prevaricação ?

Seria um tiro no pé do STF

Anderso D K (Advogado Autônomo - Civil)

No dia em que o STF puder obrigar o presidente da Câmara a pautar o impeachment, também terá que obrigar o Senado a pautar o impeachment dia seus pares.

Assim como Lewandowski negou pedido para obrigar Alcolumbre!

R.A.R (Advogado Autônomo - Administrativa)

Mo mesmo sentido, o Sr. Ministro Lewandowski negou o pedido para obrigar Alcolumbre a sabatinar André Mendonça. São medidas de mesma configuração, logo está correta a AGU neste momento, qualquer decisão contrária a isso fere a separação de poderes e é inconstitucional. Ora de existir senso nesses partidos políticos de esquerda, no caso ao Ciro Gomes, mandatário desde partido, todos sabem sua intenção. Simples assim.

Coisa Pública

Rafael Calegari (Serventuário)

A Advocacia-Geral da União não tem poderes para atuar em juízo em nome de pessoa física (o presidente da República, por exemplo). Ela defende os interesses da União.

Prevaricação

JCCM (Outros)

Eles tem cometido prevaricação a atuarem em desacordo com a lei, em favorecimento pessoal aos anseios do Chefe do Executivo, desprezando os mandamentos legais.

Por outro lado, é absurdo que alguns atores políticos ou jurídicos tenham sozinhos, ao seu talante, decisões que dizem respeito ao todo, a coisa pública, aos interesses do coletivo, a exemplificar, decisões como esta dos Presidentes da Câmera e do Senado, das Assembleias, de Procuradores Gerais de Justiça, dentre outros.

Certas decisões jamais deveriam ser conferidas a um só membro dessas Instituições, o que leva a um anacronismo repulsivo.

STF não pode obrigar Arthur Lira a pautar impeachment, suste

Ralpdesouzafilho - PUC - RIO (Jornalista)

Os advogados do belzebú, bolsonaro, e bem poderia ser o fausto, ao enxofrarem a pestilenta e aparentemente asséptica instalação da sinecura dita a.G.U. Não representam e tampouco atuem a defender nenhuma entidade constitucional, união, ou simplesmente a federação composta por estados e estes por municípios,onde, sobreviva hoje a comer já nem mais o pão mas os osssos dessa tragédia e calvário impostos por esse obsceno e vigarista com seus milicos de estimação. Genocidas pagos régia e nababescamente e todavia a mastigar o filé - mignon garantido pelo guedes dos paraísos fiscais contumaz habituée e no átimo um foragido...

Comentar

Comentários encerrados em 20/10/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.