Consultor Jurídico

Gota d'água

Conselho da Magistratura português demite juiz por posições negacionistas

Retornar ao texto

Comentários de leitores

9 comentários

Magistrado também é CIDADÃO e está obrigado às leis

Jonatan Schmidt (Advogado Autônomo - Empresarial)

Leis sanitárias limitam direitos individuais em prol do direito coletivo - este é um princípio internacional.
Se um Magistrado se nega a cumprir normas sanitárias e ainda incita a sociedade a não cumpri-las, é obvio que ele está se afastando do seu dever funcional e abusando do seu direito individual, merecendo ser punido.
É lamentável que, no Brasil, sejamos lenientes ao ponto de aceitar que Autoridades Públicas descumpram as normas sanitárias e façam chacotas a respeito delas, sem que nada lhes aconteça.

Doido com doido... Terraplanista doido...

João (Outros)

https://youtu.be/Zp6h9wQxvIQ

Liberdade de proteger a si e ao próximo

Cirval Correia de Almeida (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Fico desagradavelmente surpreso quando leio as manifestações de operadores do Direito enfatizando que usar máscara na pandemia que nos aflige é restringir à liberdade. O uso da máscara tem o único objetivo de proteger a si próprio e a outrem que o cerca da infecção da covid-19. Seria isso ofensa à liberdade? Jamais. A proteção da saúde e da vida tem preferência sobre qualquer outro tipo de liberdade. Por baixo, já são mais de 600 mil mortos pela covid-19 no Brasil e com a média diária de quase 500 brasileiros mortos e há quem não se preocupe consigo e com o próximo na pandemia. Inacreditável! O termo liberdade perdeu o sentido para esse tipo de gente. O pior é que se trata de alguém que sabe ler e interpretar as leis. Esqueceram o que é razoabilidade. Lamentavelmente.

Informação deturpada

Manuel Santiago (Jornalista)

Não se deixem enganar por escritos tendenciosos e dissimulados. Podem não estar a vista, mas as intenções estão lá, são sub repticias.

Liberdade

Rodrigo Schunck (Advogado Autônomo - Ambiental)

Estamos perdendo nossa liberdade aos poucos, é um ótimo recado aos juízes que ainda não se ajoelharam: "vejam só o que faremos com vocês se não nos obedecerem". Aconteceu o mesmo com os do TJSP, está acontecendo o mesmo com os advogados. É esse o tipo de sociedade que queremos viver? É essa a herança que deixaremos para os nossos filhos? Queremos juízes livres, independentes e destemidos.

Contra a vontade

Alberto Alves (Outros)

Desde quando um juiz ou advogado, ou ministro ou até mesmo presidente usa sua liberdade para deixar a população a mercê da covid. No máximo que esse ex juiz poderia dizer era: baixem suas máscaras um por um para que e o púlpito possamos identificá-los mas, as reponham imediatamente. Mereceu perder o cargo. Esse procedimento deve vir sim para o Brasil para que se diminuam as carteiradas de alguns que se julgam poderosos e acima da lei.

Comentário absurdo

Mateus Ranieri (Advogado Autônomo - Administrativa)

Livres pra descumprir a lei ? Não mesmo, fale por você.

Conjur tendencioso

Paulo Esdras (Advogado Assalariado - Trabalhista)

Não vai demorar e o Conjur vai começar a censurar os comentários. Não poucas as vezes que as matérias são claramente tendenciosas, abusando da rotulagem progressista.

Dobrem seus joelhos

Virgínia Morais (Advogado Autônomo - Civil)

A chamada da matéria é asquerosa. Ao magistrado, espero que a história mostre sua coragem, pois não dobrou-se diante de um sistema montado para dominação dos que não se curvam. Antes perder o emprego que perder sua alma. Chamá-lo de terraplanista? Que abuso! Interessante como essa doença tem somente um lado correto. Eu li e estudei sobre a segunda guerra, e nunca entendia como, como meu Deus do céu, as pessoas aceitavam o que acontecia diante de seus olhos, como aceitaram as estrelas amarelas de seis pontas identificando os judeus, os que denunciavam a existência de judeus escondidos e tantas outras atrocidades! Agora, meus olhos veêm como os “intelectuais” se comportaram em relação à perseguição e matança dos judeus na na segunda guerra mundial. Quem duvida das medidas sanitárias, ou ao menos pede mais estudos, automaticamente, passam a usar a estrela amarela de seis pontas.

Comentar

Comentários encerrados em 15/10/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.