Consultor Jurídico

Relator da "lava jato"

Desembargador Abel Gomes, do TRF-2, pede aposentadoria

O desembargador Abel Fernandes Gomes, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, deu entrada no seu pedido de aposentadoria voluntária por tempo de serviço, a partir do próximo dia 1º/6. Ele era relator dos casos da "lava jato" na corte.

Abel Fernandes Gomes, desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª RegiãoReprodução

Em ofício enviado ao presidente do tribunal, desembargador Reis Friede, Gomes pediu a instrução do processo administrativo e seu encaminhamento ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Abel prestou serviços públicos na área jurídica por 31 anos, sendo três como defensor público no Rio de Janeiro e 28 na magistratura federal — como juiz e desembargador.

Em carta enviada a outros magistrados federais, Gomes ressaltou seu crescimento pessoal e profissional: "Sempre procurei atender o público, o cidadão e os advogados e membros das diversas instituições públicas oficiantes perante os órgãos em que atuei, com respeito e urbanidade", pontuou.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 25 de março de 2021, 19h10

Comentários de leitores

1 comentário

Aposentadoria do ilustre Des. Fed. ABEL GOMES...

Bergami de Carvalho (Serventuário)

...Será uma baixa inestimável para o sistema Judiciário nacional. Trata-se de um grande magistrado, grande Mestre, grande homem e com forte certeza irá permanecer se dedicando corajosa e fielmente ao Direito, à Justiça, ao país e ao povo brasileiro. Faço meus sinceros votos de que continue a iluminar a doutrina jurídica e a orientar tanto os mais novos quanto a geração seguinte. É um árduo desafio encontrar algum sucessor com o perfil de quilate próximo ao do Exmo. Sr. Dr. Desembargador Federal Abel Fernandes Gomes. Desejo muitas vitórias, êxitos, conquistas, sucesso e total prosperidade na sua nova jornada e missão. Parabéns!

Comentários encerrados em 02/04/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.