Consultor Jurídico

Esforço concentrado

Porciuncula é nomeado secretário de comissão da OAB para combate à Covid-19

Na terça-feira (16/3), o presidente da OAB Nacional, Felipe Santa Cruz, designou o advogado criminalista José Carlos Porciuncula como secretário dos trabalhos da "Comissão Especial para Análise e Sugestões de Medidas ao Enfrentamento da Pandemia do Coronavírus", criada no início de março.

A comissão foi criada para auxiliar a presidência da OAB em estudos e no levantamento de ações jurídicas que podem ser adotadas para mitigar o impacto da crise.

Dentro desse escopo estão iniciativas para responsabilizar o presidente da República, o Ministério da Saúde e outras autoridades envolvidas por ações e omissões no combate à pandemia da Covid-19, assim como outras medidas relacionadas ao assunto.

A comissão foi instalada por meio da portaria 227/2021, assinada pelo presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, e pelo diretor secretário-geral  e coordenador geral das comissões, José Alberto Simonetti, com a seguinte composição:

  • Carlos Augusto Ayres de Freitas Britto (SE) – Presidente;
  • Miguel Reale Júnior (SP) – Membro;
  • Antônio Carlos de Almeida Castro (DF) – Membro;
  • Geraldo Luiz Mascarenhas Prado (RJ) – Membro;
  • Carlos Roberto Siqueira Castro (RJ) – Membro;
  • Cléa Anna Maria Carpi da Rocha (RS) – Membro;
  • Marta Cristina Cury Saad Gimenes (SP) – Membro;
  • Antônio Nabor Areias Bulhões (AL) – Membro.



Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 19 de março de 2021, 10h00

Comentários de leitores

1 comentário

Oab, se tivesse preocupada já teria sepultado caça-níqueis

VASCO VASCONCELOS -ANALISTA,ESCRITOR E JURISTA (Administrador)

Por Vasco Vasconcelos escritor jurista e abolicionista contemporâneo Brasília DF.
Depois que no último EXAME caça- níqueis OAB/FGV serem FLAGRADAS PLAGIANDO vergonhosamente questões de outra Banca examinadora para FERRAR ainda mais seus CATIVOS e aumentar o lucro da OAB essa EXCRESCÊNCIA perdeu de vez a credibilidade e tem que ser sepultada URGENTE.
Mas quem lucra com o trabalho análogo à de escravos a escravidão moderna da OAB não tem nenhum interesse em abolir o trabalho análogo à de escravos a escravidão moderna da OAB. Nos Estados Unidos, em face da pandemia da COVID-19 o Estado de Utah aboliu essa EXCRESCÊNCIA. Lembrando que nos EUA aplicação do exame é feita pelo Estado e não Por sindicatos. Vinte e seis anos OAB vem se aproveitando dos governos omissos covardes e corruptos para impor sua máquina de triturar sonhos e diplomas gerando fome desemprego depressão síndrome do pânico doenças psicossociais e outras comorbidades diagnósticas uma chaga social que envergonha o país dos desempregados e dos aproveitadores que lucram com a escravidão moderna da OAB moderna da OAB. O fim dessa EXCRESCÊNCIA significa inserir no mercado de quase 400mil CATIVOS ou escravos contemporâneo OAB devidamente qualificados pelo Estado MEC jogados ao banimento num verdadeiro desrespeito à dignidade da pessoa humana. O Brasil último país a acabar com a escravidão. A escravidão foi a abolida á há 133 anos mas até hoje as pessoas são tratadas como coisas para delas tirarem proveitos e econômicos.

Comentários encerrados em 27/03/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.