Consultor Jurídico

Senad e UFSC

Ministério da Justiça abre inscrições para curso de repressão ao crime organizado

Estão abertas as inscrições para o curso de Fundamentos para Repressão ao Narcotráfico e ao Crime Organizado (FRoNt), oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senad/MJSP) em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Os interessados têm até o próximo dia 25/3 para se inscreverem no site do FRoNt.

Divulgação

A capacitação é gratuita e será promovida virtualmente. Ela traz conceitos e abordagens fundamentais sobre economia das drogas, dinâmica do narcotráfico e crimes conexos, organizações criminosas no Brasil e no exterior etc. A intenção é preparar os profissionais de forma cada vez mais assertiva para o combate ao crime organizado.

As seis mil vagas são voltadas prioritariamente para profissionais de segurança pública federais, estaduais e do sistema penal, das Forças Armadas ou ligados ao Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), à Receita Federal e aos Correios. Trabalhadores de outras áreas serão aceito em caso de disponibilidade de vagas.

O curso se inicia no dia 5/4, com carga de 80 horas. Os participantes que concluírem todas as atividades obrigatórias com o desempenho exigido receberão certificado de extensão universitária emitido pela UFSC.

"O FRoNt tem como diferencial a vinculação entre a abordagem defendida pelo governo, de enfraquecer as organizações criminosas retirando o que realmente interessa para a maioria dos traficantes — o dinheiro — e questões do dia a dia do combate ao narcotráfico", afirma Gustavo Camilo Baptista, diretor de Políticas Públicas e Articulação Institucional da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. Segundo ele, a Senad tem investido em parcerias com universidades para trazer embasamento e manter os profissionais atualizados.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 13 de março de 2021, 18h52

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/03/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.