Consultor Jurídico

Corte de luto

Osvaldo Alvarez, ex-vice-presidente do TRF-4, morre em Porto Alegre

Morreu nesta terça-feira (2/3), em Porto Alegre, o desembargador federal aposentado Osvaldo Moacir Alvarez, ex-vice-presidente e ex-corregedor-Geral do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Aposentado da corte desde 1995, Alvarez estava com 80 anos.

Osvaldo Alvarez foi vice-presidente do
TRF-4 entre os anos de 1993 e 1995
Reprodução

Nascido na capital gaúcha, Alvarez formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 1959 e atuou por 15 anos como advogado civil e criminal. Posteriormente, foi aprovado em concursos para os cargos de promotor público, juiz adjunto do Estado e procurador da República, mas não assumiu essas funções por causa das atividades que desempenhava na advocacia, muitas vezes atendendo a clientes necessitados.

Em um concurso nacional para juiz federal, em 1979, ele obteve nota máxima na prova de sentença e classificou-se em primeiro lugar. Foi quando ingressou na magistratura, tendo sido diretor do foro da Seção Judiciária do Rio Grande do Sul durante três anos. Ele também participou da comissão de instalação do TRF-4, sendo promovido a desembargador federal em 30 de março de 1989, data da solenidade que marcou o início das atividades da instituição.

Alvarez ocupou a vice-presidência da corte no biênio 1993-1995. Na mesma gestão, atuou como corregedor-Geral da Justiça Federal da 4ª Região (entre junho de 1993 e dezembro de 1994), pois, naquela época, o vice do tribunal acumulava a Corregedoria.

Além do Direito, Alvarez também fez carreira na política. Em 1964, foi vereador pela cidade de Canoas (RS), permanecendo dez anos como líder da bancada do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Em 1974, decidiu voltar a se dedicar exclusivamente à profissão de advogado.

Alvarez deixa a esposa, a procuradora de Justiça aposentada Erika Fiolic Alvarez, e três filhos (Roberto, Cristiano e Rafael), além de noras, netos e dois irmãos. Com informações da assessoria de imprensa do TRF-4.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 2 de março de 2021, 19h56

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/03/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.