Consultor Jurídico

ano-base 2020

Entrega de declarações do IR começou nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira (1º/3), a Receita Federal começou a receber as declarações do Imposto de Renda 2021, com ano-base 2020. O contribuinte tem até o próximo dia 30 de abril para enviar.

Dollar Photo Club

Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no último ano, está obrigado a declarar o imposto de renda. A Receita espera receber 32 milhões de declarações.

Dessa vez, um maior número de contribuintes está apto a usar a declaração pré-preenchida, que permite a inclusão de diversas informações prestadas à Receita por outras fontes.

As restituições serão pagas em cinco lotes. O primeiro será liberado em 31 de maio, e os demais no dia 30 dos meses de junho, julho, agosto e setembro.

"Ao se antecipar ao prazo final e reunir toda a documentação necessária à declaração, o contribuinte evita possíveis imprevistos. Em caso de inconsistência, por exemplo, ele terá tempo hábil para fazer as correções. Além disso, conseguirá receber a restituição devida em um prazo menor", aponta Luciene Franco, gerente executiva contábil e financeira da Fecomércio-MG.

Os contribuintes que receberam o auxílio emergencial devido à crise de Covid-19 devem declarar o imposto de renda caso tenham recebido outros rendimentos tributáveis com valor anual superior a R$ 22.847,76. Nesse caso, também devem devolver as parcelas de auxílio recebidas.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 1 de março de 2021, 18h27

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/03/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.