Consultor Jurídico

Ciência posterior

Aras diz que não foi consultado sobre diligências contra Ricardo Salles

O procurador-geral da República Augusto Aras informou ao jornal Valor Econômico que a PGR não foi consultada sobre a investigação e os mandados de busca e apreensão contra o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles.

"A respeito de notícias veiculadas pela imprensa de que autoridade com foro no STF foi alvo de busca e apreensão, a PGR informa que não foi instada a se manifestar sobre a medida, o que, em princípio, pode violar o sistema constitucional acusatório", afirma a nota enviada ao jornal.

Salles é alvo de mandados de busca e apreensão ordenados pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Em sua decisão, o ministro determina que seja dada imediata ciência à PGR, após o cumprimento das diligências.

A Polícia Federal quer investigar se há participação do ministro em um esquema de facilitação de exportação ilegal de madeira. Para embasar o pedido, a PF aponta supostas "movimentações suspeitas" no escritório de advocacia do qual Salles é sócio, conforme aponta Moraes na decisão ordenando o cumprimento dos mandados.

"De acordo com a representação da autoridade policial, os depoimentos, os documentos e os dados coligidos sinalizam, em tese, para a existência de grave esquema de facilitação ao contrabando de produtos florestais o qual teria o envolvimento de autoridade com prerrogativa de foro nessa Suprema Corte, no caso, o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo de Aquino Salles; além de servidores públicos e de pessoas jurídicas", descreve Moraes.

Clique aqui para ler a decisão
Pet 8.795




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 19 de maio de 2021, 12h02

Comentários de leitores

6 comentários

A culpa é dele própria!

Bacharel em Direito e pós graduado (Assessor Técnico)

Se o Aras fosse exatamente o "custus legis" , teria a sintonia merecida, mas, em razão de sua parcialidade, tem que engolir o preço da própria parcialidade, logo, não tenha o que e de quê reclamar. A operação contra o "homi" "honesto" (Salles) do presidente "honesto" (gastão de picanha de R$ 1.799,99 para churrasco) não teria êxito. A manipulação da Polícia Federal por determinada pessoa está saindo pela culatra. Lembram da expressão dita em 22.4.2020? "vou trocar a PF do Rio, para não fu... minha família e meus amigos"? O Sales é amigo de quem? Operação PF, sem ciência do Aras, resultado: A culpa é dele própria!
PAZ COM TODOS VCS.

Desgoverno

Ordep52 (Outros)

..."no meu governo não existe corrupção" (eu, meus filhos, meus amigos milicianos e meus ministros estamos acima da lei - taoquei?)

Seria bom já pensar em contratar advogado

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

No lugar do Aras já estaria levantando o nome de bons advogados criminalistas.
A operação começou a partir de informações de autoridades dos EUA, que forneceram dados precisos e amostras, inclusive, para perícia posterior.
Se houve o bypass do Aras, é fumaça suficiente para apontar para fogo começando a se alastrar...
O STF sinalizou claramente sobre o conceito que tem da PGR atualmente.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 27/05/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.