Consultor Jurídico

Aniversário jurídico

Ministros e juristas discutem os pilares e os desafios das relações trabalhistas

Na última sexta-feira (14/5), aconteceu o simpósio internacional "Primeiro de Maio: pilares e desafios das relações trabalhistas contemporâneas", idealizado pelo ministro Mauricio Godinho Delgado, presidente da Comissão de Documentação e Memória do Tribunal Superior do Trabalho. O evento faz parte da Semana da Memória na Justiça do Trabalho, realizada anualmente pelo TST, e pode ser acessado pelo link

O simpósio aconteceu de forma telepresencial no canal do YouTube do TST.
Divulgação TST

Na mesa de abertura, a ministra Maria Cristina Peduzzi, presidente do TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ressaltou a importância do papel histórico da Justiça do Trabalho.

"Não se conhece uma instituição fora de seu tempo histórico, uma vez que é nesse tempo que ela irá gerar alterações na sociedade em que está inserida, marcando a vida das pessoas. Os feitos históricos da Justiça do Trabalho não estão apenas registrados na memória daqueles que estudam sua trajetória, mas marcam a vida de milhões de brasileiros e se fazem presentes no desenvolvimento econômico e social do país", afirmou.

Também presente na mesa de abertura, o ministro José Roberto Freire Pimenta, integrante da Comissão de Documentação e Memória do TST, lembrou que o evento proporciona reflexões acerca dos impactos econômicos e sociais enfrentados com a crise pandêmica e destacou que é revisando a história que a sociedade é capaz de se aperfeiçoar para não cometer erros do passado.

"O estudo da memória é uma forma de avançar e de compreender as atuais problemáticas. É por meio da revisão do que já aconteceu no campo do trabalho e da atuação da  nossa instituição que vamos continuar nos aperfeiçoando para garantir o respeito e as garantias constitucionais e legais à sociedade", ressaltou. 

Durante o evento foram abordados temas como: dignidade do trabalho; garantia de direitos; trabalho e capitalismo; Estado de bem-estar social; trabalho, cidadania e democracia; sindicatos; futuro do trabalho; escravidão e desafios do mundo do trabalho; direito coletivo entre 1945 e 1964; história social do trabalho, entre outros. 

No simpósio também ocorreu o lançamento oficial da "Revista do TST — edição especial" e do "Memorial Virtual da Justiça do Trabalho", iniciativa alusiva aos 80 anos da Justiça do Trabalho e à Semana da Memória do Poder Judiciário Trabalhista.

O evento é uma parceria da presidência do TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), da Comissão de Documentação e Memória do TST, da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat), do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Assessores e Servidores do TST (Cefast) e do Comitê Gestor do Programa Nacional de Resgate da Memória da Justiça do Trabalho.

O simpósio tem o objetivo de "promover a capacitação de magistrados, de servidores, de pesquisadores, de estudantes e de todos os interessados na preservação, na difusão e na história da Justiça do Trabalho, acerca dos desafios contemporâneos enfrentados," destacou o ministro Mauricio Godinho Delgado. Com informações da assessoria de imprensa do TST. 




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 17 de maio de 2021, 15h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/05/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.