Consultor Jurídico

"Puro boato"

Cueva consulta setor administrativo do STJ, mas diz não pensar em se aposentar agora

Por 

O boato de que o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, depois da recente aposentadoria precoce do colega Nefi Cordeiro, pretende deixar prematuramente o Superior Tribunal de Justiça, gerou uma onda de preocupação na comunidade jurídica.

Cueva é respeitado como um dos melhores julgadores de Brasília. Advogados convictos de defender o bom direito, em suas causas, festejam quando é ele o sorteado como relator.

Tido como um dos melhores julgadores do país, o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva  não pretende deixar a magistratura
STJ

Conforme o próprio ministro, ele apenas consultou o setor administrativo do STJ para saber quanto tempo faltava para ter direito à aposentadoria. "É puro boato", disse à ConJur.

Cueva ingressou no STJ em 2011 em vaga destinada a membro da advocacia, após indicação em lista sêxtupla pela Ordem dos Advogados do Brasil.




Topo da página

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 13 de maio de 2021, 17h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/05/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.