Consultor Jurídico

delegado e agente

Policiais Federais são empossados como chefes de segurança do STJ e CJF

Nesta segunda-feira (3/5), o delegado da Polícia Federal Rodolfo Martins Faleiros Diniz foi empossado como titular da Secretaria de Segurança da do Superior Tribunal de Justiça. Já o agente José Ximenes de Albuquerque foi empossado como assessor especial de segurança e de transporte do Conselho da Justiça Federal (CJF), para comandar a Secretaria de Segurança do órgão.

"O novo secretário terá todo o apoio para cumprir a missão de um tribunal seguro que colabora para um Judiciário mais forte e respeitado. Tenho certeza que Rodolfo Diniz irá desempenhar com notoriedade a tarefa de manter a segurança do tribunal, dos ministros e dos servidores", afirmou o ministro Humberto Martins, presidente da corte e do órgão, durante a posse.

Diniz atuou por 20 anos na Polícia Federal no Rio de Janeiro, recentemente na Corregedoria-Geral da PF em Brasília, e já teve experiência na gestão da segurança no Supremo Tribunal Federal. "Trabalhar no STJ, para quem tem formação em direito, como eu, é um sonho. Tenho orgulho do convite que me foi feito e espero retribuir a confiança", disse ele.

Já sobre Albuquerque, Martins expressou sua "satisfação em assinar a nomeação do José Ximenes para esse cargo, ele que já serviu ao STJ em duas ocasiões e desempenhou com muita altivez e espírito público essa função de zelar pela segurança".

Albuquerque afirmou que seu objetivo é levar o compromisso de segurança para toda a Justiça Federal: "Como o ministro sempre diz, o objetivo é realizar um trabalho de mãos dadas com os demais setores, sempre em busca de executar bem a nossa missão".

Participaram da cerimônia de posse o diretor-geral do STJ, Marcos Antonio Cavalcante; o secretário-geral da Presidência, Jadson Santana de Sousa; o secretário-geral do CJF, juiz federal Márcio Freitas, e assessores de diversas áreas do tribunal e do conselho. Com informações da assessoria do STJ.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 3 de maio de 2021, 21h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/05/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.