Consultor Jurídico

Suspeita de LGBTfobia

CBF terá que responder por que não usa número 24 no uniforme da seleção

Retornar ao texto

Comentários de leitores

6 comentários

Inacreditável!

Alessandro - DF (Advogado Autônomo - Civil)

Mais uma ação esdrúxula, e, COM CERTEZA ABSOLUTA, INEPTA.

Ação Interessante

Dr. Aureliano Russo (Advogado Autônomo)

Apesar de contrariar boa parte da população brasileira, principalmente a masculina, devido ao alto grau de preconceito e homofobia nesse meio, a presente ação é oportuna e necessária.

Uma seleção brasileira de futebol, ainda mais no país do futebol, reflete nossa cultura e nossos valores. Todos os anos, centenas de cidadãos são agredidos e mortos simplesmente por sua conduta sexual, algo que diz respeito somente à vida íntima do indivíduo. Isso é inaceitável.

Já está passando da hora de se respeitar e aceitar as diferenças, e se ficar provado que o número 24 não é usado por motivos ligados à sexualidade, há lesão a direito coletivo.

Vai criticar o jogador que não escolher?

Radgiv Consultoria Previdenciária (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Não tem nada de interessante nesta ação. Podem criar a camisa, mas quem vai escolher? A decisão não é algo pessoal subjetivo? Repito, querem impor algo que não representa a maioria, mas uma minoria que não alcança nem 1% da população mundial. Puro besteirol esta ação.

Vai criticar o jogador que não escolher?

João B. (Advogado Autônomo)

Deveriam interpretar melhor. Não se está querendo impor nada, usa a camisa quem quer.
O que se quer é saber se a camisa 24 está disponível ou não, e se não estiver, quem é o responsável por isso.

Besterol

Radgiv Consultoria Previdenciária (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Essa ação está fadada ao insucesso. Uma grande besteira mover o Poder Judiciário para incluir um número em camisa de futebol. Daqui a pouco vão querer que um jogador trans vista a camisa da seleção mesmo não existindo tal jogador oficialmente. Quanta besteira e perda de tempo. Uma minoria que quer impor uma conduta ou ação a outros. Como diz o comentarista de futebol: que fase!!!

Causa de grande relevância

Paulo Moisés da Silva Gallo (Advogado Associado a Escritório - Criminal)

Considerando que o regulamento da competição instituiu que os números seriam selecionados entre 1 e 28, sendo obrigatória a utilização do número 1 por um goleiro (https://docs.google.com/viewerng/viewer?url=https://www.conmebol.com/sites/default/files/reglamento_copa_america_2021-digital_r2_2.pdf), parece que resta a escolha para cada jogador.
A Argentina, por exemplo, não utilizou o número "19" e isso não parece causar alarde.
Existem seleções com o número "28" o que dá a entender que ao menos um número ficará de fora (As seleções convocaram 24 ou 27 jogadores).
Enfim, minha percepção pessoal sobre o caso e a decisão em específico é de absoluta desnecessidade, inclusive, da liminar.

Comentar

Comentários encerrados em 8/07/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.