Consultor Jurídico

Ferreira, Reis e Cueva

Três ministros vindos da advocacia completam 10 anos de STJ

Neste domingo (13/6), três ministros completam dez anos no Superior Tribunal de Justiça: Antônio Carlos Ferreira, Sebastião Reis e Ricardo Villas Bôas Cueva. Todos foram escolhidos pela então presidente Dilma Rousseff em 2011.

Ministro Antonio Carlos Ferreira

A marca é exaltada pelo também ministro Luís Felipe Salomão. Segundo ele, os três aniversariantes "engrandecem a participação da advocacia na magistratura e hoje simbolizam bem essa integração que deve haver quando o advogado transpassa a porta e ingressa no tribunal como juiz. Estão de parabéns e que venham os próximos dez anos".

O ex-ministro Asfor Rocha também elogia os magistrados: "A contribuição que os ministros Antônio Carlos, Sebastião Reis e Ricardo Cueva estão dando em suas atividades jurisdicionais e administrativas no STJ honra a magistratura que hoje eles integram e a advocacia que antes eles integraram", destacou.

Ministro Sebastião Reis Lucas Pricken/STJ

"São três exemplos de magistrados. Razoáveis, corretos, e cordiais. Tratam advogados com urbanidade e demonstram grande conhecimento técnico. Grandes juízes e grandes homens", diz Pierpaolo Bottini, advogado, professor de Direito Penal e colunista da ConJur.

Produtividade
Desde que chegaram ao STJ, os três ministros tiveram aumento considerável no número de processos julgados.

Ministro Villas Bôas Cueva STJ

Ferreira, por exemplo, julgou 2.627 processos no ano em que ingressou na corte, contando agravos e embargos de declaração. Já em 2020, proferiu um total de 10.371 decisões, sem contar as não terminativas, como liminares e interlocutórias.

Para Cueva, o aumento foi de 5.618 em 2011 para 10.175 em 2020. Já Reis subiu de 4.838 no primeiro ano para 10.419 no último. Em 2021, até o fim de maio, Ferreira já proferiu 4.406 decisões terminativas, Cueva proferiu 4.407 e Reis proferiu 6.142.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 13 de junho de 2021, 8h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/06/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.