Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

IRPJ

ADV. FERNANDO SANTOS (Advogado Sócio de Escritório - Administrativa)

Que tal se o tal cartorário, se está for sua atividade deixasse de cobrar pra “reconhecer” assinatura coisa da Monarquia Burguesa que o sustenta

tributação da distribuição de lucros é opcional

bacharel2005 (Funcionário público)

Parabéns ao governo por propor a volta da tributação da distribuição de lucros. TODOS os países desenvolvidos assim o fazem.
Ademais, se quiserem "evitar" tal tributação, é só reinvestir o lucro na empresa que pagarão menos IRPJ (conforme proposto na reforma) e não pagarão o imposto sobre o lucro. Para remunerar seu sócio, basta pagar um pro-labore e ser tributado na tabela do IRPF como qualquer cidadão.

Parabéns ao escritor

Marcelo-Advogado (Advogado Autônomo - Consumidor)

Perfeito. Tratou em bases sólidas que a carga tributária nacional irá inviabilizar o pilar da economia, que é o setor produtivo, principalmente o privado. Aliás, bastou o setor privado ter de fechar as portas durante a pandemia para que o caos econômico reinasse. Nenhum aumento de imposto será suficiente se não se estacar a sangria da mamata pública, corrupção e ineficiência do poder público. Enquanto um particular continuar pagando 30 reais em um saco de cimento e o Estado, no mesmo produto, por meio de licitação, ter de desembolsar 100 reais, não há tributo que suporte...

Típico pensamento burguês

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

O pensamento contido no texto, evidencia a decadência ideológica dos burgueses que, a pretexto de manterem em um pais de Terceiro Mundo os seus odiosos privilégios, renunciam à grandeza racionalista do sistema tributário, que tem por objetivo, permitir a todos fruir das riquezas da comunidade organizada na exata medida de suas contribuições.
Embaralha o texto os conceitos de Justiça Geral e Particular, objeto de Aristóteles em Ética à Nicômaco.

Comentar

Comentários encerrados em 21/07/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.