Consultor Jurídico

Nova gestão

Eleições da Fiesp terão comissão de juristas renomados

Nesta segunda-feira (5/7), acontecem as eleições da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), para a diretoria, o conselho fiscal e os delegados representantes junto ao Conselho da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A entidade convidou um time de juristas para organizar, fiscalizar e dirigir o pleito.

Sede da Fiesp, na avenida PaulistaEverton Amaro/Fiesp

A Comissão Eleitoral é presidida por Sydney Sanches, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral. Ao lado dele estarão Ellen Gracie, também ex-presidente do STF e ex-vice-presidente do TSE; Almir Pazzianotto, ex-presidente do Tribunal Superior do Trabalho; o jurista Ives Gandra; e Maria Cristina Mattioli, desembargadora aposentada do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região.

Já a Comissão Coletora e de Apuração será presidida pelo advogado empresarial Fábio Prieto de Souza, ex-presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, ex-juiz eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, vice-presidente do Conselho de Estudos Avançados e integrante do Conselho Jurídico da Fiesp.

A eleição terá chapa única, já que o registro da chapa de oposição foi invalidado por decisão judicial. O candidato a presidente é Josué Christiano Gomes da Silva, filho do vice-presidente da República entre 2003 e 2010, José Alencar (1931-2011). Ele tem o apoio de diversos nomes do empresariado brasileiro, além do atual presidente, Paulo Skaf, que deixará o comando da entidade após 17 anos.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 4 de julho de 2021, 10h52

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/07/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.