Consultor Jurídico

relatório da FGV

Pesquisa mostra que tribunais vêm ampliando iniciativas de IA

Em dezembro do último ano, o Centro de Inovação, Administração e Pesquisa do Judiciário (CIAPJ) da FGV Conhecimento lançou o mais completo relatório de inteligência artificial (IA) voltado ao Judiciário já feito. Segundo os dados, metade dos tribunais brasileiros estão desenvolvendo ou já implementaram projetos de IA, que se mostra útil para o aumento da produtividade.

Legenda

De acordo com as informações coletadas, as iniciativas de IA são instituídas por equipes internas dos tribunais, às vezes em parceria com outras cortes, sob a direção do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

A pesquisa "Tecnologia aplicada à gestão dos conflitos no âmbito do Poder Judiciário brasileiro com ênfase em inteligência artificial" é um levantamento sobre o uso de inteligência artificial nos tribunais nacionais.

O objetivo é entender a situação atual da tecnologia, a identificação e as funcionalidades dos projetos de IA, o impacto da sua utilização e os resultados esperados e alcançados. Além disso, faz uma análise cruzada desses dados para verificar os efeitos da IA na agilidade, eficiência e produtividade dos tribunais.

O relatório é a primeira parte da pesquisa, que reúne dados das iniciativas de IA e seus estágios de implantação. A segunda fase deve atualizar esses dados e analisar outros aspectos da questão.

Clique aqui para ler o relatório




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 31 de janeiro de 2021, 10h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/02/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.