Consultor Jurídico

Acusado de conspiração

Justiça dos EUA ordena prisão provisória de homem que invadiu Capitólio

Um juiz federal de Ohio, nos Estados Unidos, ordenou na sexta-feira (22/1) que Donovan Crowl, membro da milícia armada de extrema direita Oath Keepers, fique preso enquanto aguarda julgamento. O homem é acusado de conspirar com outros integrantes do grupo para atacar o Capitólio em 6 de janeiro. As informações são da agência de notícias Reuters.

Homem é acusado de conspirar para assumir o controle do Congresso dos EUA
Reprodução/Canal Washington Post

Crowl e outros dois colegas de Oath Keepers são os primeiros a responder por conspiração para assumir o controle do Congresso norte-americano. A lista de suspeitos já conta com ao menos 125 pessoas. 

Em uma denúncia, os investigadores disseram ter descoberto mensagens trocadas entre extremistas, entre eles Crowl, mostrando um aparente esforço coordenado para invadir o Capitólio e para fabricar explosivos. 

O promotor do caso também leu em voz alta trechos de publicações feitas na internet pelo fundador do grupo extremista, Stewart Rhodes, nas quais ele conclama seus membros a se prepararem para uma guerra civil. 

O advogado de Crowl disse que seu cliente sofre de câncer de pele e não pode receber tratamento na prisão. Ele também afirmou que Crowl é veterano da Guerra do Iraque e, por isso, obedecerá a quaisquer regras de liberdade que o juiz impor. 




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 24 de janeiro de 2021, 12h45

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/02/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.