Consultor Jurídico

Isolamento produtivo

TJ-SP completa dez meses em trabalho remoto com 24,2 milhões de atos processuais

Em dez meses de trabalho remoto, o Tribunal de Justiça de São Paulo chegou a 24,2 milhões de atos processuais, entre sentenças, acórdãos, decisões e despachos. O número representa média diária de 78,5 mil atos produzidos por magistrados e servidores de todas as unidades judiciais do Estado.

TJ-SPTJ-SP chega a 24,2 milhões de atos processuais em trabalho remoto

O home office foi implantado parcialmente na Corte paulista em 16 de março de 2020, e estendido a 100% do TJ-SP no dia 25 do mesmo mês, em consonância com as medidas de contenção da epidemia do coronavírus impostas pelo governo.

Mesmo após a retomada gradual do atendimento presencial, a maior parte das equipes continua em sistema de trabalho remoto, acessando o sistema informatizado de processos via webconnection. Até domingo (17/1), a ferramenta registrou mais de 6 milhões de conexões e 41.020 usuários. Com informações da assessoria de imprensa do TJ-SP.

Confira a produção de primeiro e segundo graus (de 16/3 a 17/1):

Primeiro grau:
Despachos = 7.885.983
Decisões Interlocutórias = 12.061.754
Sentenças = 2.637.761

Segundo grau:
Despachos = 762.937
Decisões monocráticas = 87.999
Acórdãos = 792.669




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 19 de janeiro de 2021, 11h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.