Consultor Jurídico

Ajuda humanitária

OAB colabora com o envio de cilindros de oxigênio para o Amazonas

O Estado do Amazonas deve receber neste domingo (17/1) 17 mil m³ de oxigênio em estado gasoso, quantidade equivalente a 1,7 mil cilindros do insumo, que está em falta por lá, o que intensificou a crise sanitária causada pela epidemia da Covid-19 no Estado.

Amazonas vai receber 17 mil m³ de oxigênio, o equivalente a 1,7 mil cilindros
OAB-AM/Divulgação

O envio foi viabilizado pela missão humanitária internacional intermediada pela OAB Amazonas junto à Embaixada da China e ao Instituto Sociocultural Brasil/China (Ibrachina). A medida tem apoio do Conselho Federal da OAB e do Comitê de Crise do Congresso Nacional, a partir do pedido de ajuda feito pela presidente da seccional do Amazonas, Grace Benayon.

A operação foi colocada em prática pelo advogado Thomas Law, presidente do Ibrachina. A entidade mobilizou a união do movimento sino-brasileiro e também intermediou contatos com a indústria brasileira de gases e a empresa White Martins.

"A situação se agravou, levando ao sufocamento da rede de saúde, o que comprometeu toda a rede de abastecimento de oxigênio da capital, com pessoas morrendo por insuficiência respiratória em casa ou nos próprios hospitais. Tudo isso nos preocupou, pois entendemos que precisávamos de algo muito maior, por isso fomos pedir ajuda internacional por meio da Embaixada da China e do Instituto Ibrachina, do qual a OAB já faz parte", afirmou Benayon.

Conforme dados da Fundação de Vigilância Sanitária (FVS), o Amazonas tem mais de 226 mil pessoas infectadas, registrou seis mil óbitos e mais de 1,7 mil pacientes encontram-se internados nas unidades públicas e privadas do Estado.

A intensificação da crise causada pela falta de cilindros de oxigênio gerou o ajuizamento de ações e um pedido abertura de inquérito no Superior Tribunal de Justiça, uma ordem judicial de transferência de pacientes sob risco de morte e decisão do Supremo Tribunal Federal obrigando a União a tomar as medidas cabíveis para enfrentar a situação.

Grace Benayon explicou que a rápida resposta do governo chinês ao movimento desencadeado pela OAB-AM foi ter colocado à disposição, oferecendo doações financeiras imediatas para a compra de oxigênio e material hospitalar.

"Estamos emocionados em superar esse desafio. Essa é a necessidade prioritária para enfrentar a crise pandêmica no Estado e salvar milhares vidas. Mas é só o começo do que estamos a fazer juntos na missão humanitária", afirmou Thomas Law.

O envio do oxigênio conta também com o apoio dos deputados federais Marcelo Ramos (PL/AM) e Evair de Melo (PP/ES), do Secretário-Geral da OAB Nacional, José Alberto Simonetti, e do ministro conselheiro da Embaixada da China, Qu Yuhui.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 17 de janeiro de 2021, 11h44

Comentários de leitores

4 comentários

Omissão da OAB

AC-RJ (Advogado Autônomo)

E a OAB, que por razões políticas tanto persegue o Presidente da República pelos motivos mais fúteis e mesquinhos, se omitirá totalmente em relação à desastrosa atuação dos governos locais (estado e município)? Não pedirá nenhum tipo de investigação? Não procurará descobrir as causas desta tragédia anunciada porque obviamente o estoque de oxigênio não acabou do dia para a noite?

Oab - a sacrossanta entidade

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

A OAB, como uma menina espevitada e oportunista, não hesita em enganar a comunidade.
Manda cilindros de oxigênio a cidade de Manaus, mas é contra a lei que autoriza a fiscalização de escritórios de advogados que "lavam dinheiro" de seus portentosos clientes.

Isso é fruto do dinheiro extorqidos dos CATIVOS da OAB

VASCO VASCONCELOS -ANALISTA,ESCRITOR E JURISTA (Administrador)

Por Vasco Vasconcelos escritor jurista e abolicionista contemporâneo
A soberania popular será exercida através do sufrágio das urnas .
Aceita o sufrágio das urnas que dói menos.
Não sou VIDENTE mas nos próximos dias vão pipocar/ aparecer pesquisas fajutas, pré pagas com o firme propósito de depreciar a grande popularidade do grande estadista Presidente Jair Bolsonaro.
E como diz um grande jurista conterrâneo de Ruy Barbosa ASSIM COMO ENCOMENDAS DE PIZZAS VEM FATIADAS EM DIVERSOS SABORES AO GOSTO DO FREGUÊS, NOS PERCENTUAIS PREVIAMENTE ESTABELECIDOS, AS PESQUISAS DE OPINIÃO SE IGUALAM BASTA ENCOMENDA-LAS E PAGÁ - LAS CLARO. V.V
Força grande estadista e homem público Presidente Jair Bolsonaro.
(...)
Acreditem os brasileiros estão estomagados com as figuras pálidas e peçonhentas do omisso Congresso Nacional e suas ramificações, que estão atrapalhando o nosso Presidente Jair Bolsonaro colocar o Brasil nos trilhos do desenvolvimentol
ESPÍRITO DE BRASILIDADE
Também pudera mais de dois anos o Presidente eleito democraticamente com mais de com quase 58 de votos estancou a sangria dos cofres públicos.
E essa abstinência está deixando figuras pálidas e peçonhentas desesperadas

Já que vão sofrer nova derrota acapachante nas urnas em 2022, querem passar a rasteira no Grande Estadista e Homem Público Presidente da Republica Jair Bolsonaro Jair Messias Bolsonaro.
Podem espernear à vontade até as próximas eleições eleições.
Os brasileiros épicos, homéricos, de caráter, não aceita golpes baixos; não queremos a volta da maior quadrilha de todos os tempos que estava saqueando o país.

Essa mereceu meu cadastro

Guilherme Calvo Ruffini (Economista)

Sou usário há anos do Conjur porém nunca vi a necessidade de comentar aqui. Geralmente os comentários são muito bem embasados, técnicos, etc.

Porém fiz questão de fazer o cadastro apenas pra responder ao comentário acima. Como liberal conservative, admirador de Burke, Chesterton, e tantos outros conservadores. Bolsonaro é uma vergonha pra direita, pros conservadores, pros militares.

Quando a esquerda se perpetuava no poder, conhecíamos bem seu repertório, nos ultimos anos o Legislativo já sabia se blindar muito bem dos devaneios Dilmês. Porém quando seu aliado é quem os comete, chamando aquilo que o Guedes pragurja como um liberalismo econômico, aliado aquilo que o Bolsonaro chama de conservadorismo nos costumes, meu amigo, que vergonha.

Quem viveu a vida fazendo do Estado seu ganha pão, não só o seu, mas de toda sua família, de fato não era de se sonhar com algo muito diferente. Porém conseguiu ser pior do que se imaginaria num cenário ruim, e olha que fiz campanha pra ele. E agora terei o maior orgulho de fazer pra retirá-lo. E vai lavar a boca antes de chamar o que prega de conservadorismo. É atraso, ranço, desinformação, coorporativismo, estatismo, crendice. O cara conseguiu colocar todos os brasileiros numa fila interminável do Sus. Vergonha!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 25/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.