Consultor Jurídico

Comentários de leitores

3 comentários

E se fosse o contrário?

Werner Guelber Barreto - Advogado (Advogado Sócio de Escritório - Previdenciária)

Claro que o judiciário vem atuando bem (a meu ver) no sentido de “adaptar” situações contratuais às questões gerais de fato, em especial, à pandemia. Imaginemos o contrário: retração deste mercado. Índices tangenciando o zero há meses, senão, anos. Haveria plausibilidade caso atendesse o judiciário algum pedido de majoração? Não sei!

Responder

Por que razão seria deferido um pedido de aumento em caso de

João Afonso Corrêa Advogado (Advogado Autônomo)

Ausência de inflação?

Nova economia

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

Nova Economia no Novo Normal.
O Poder Judiciário tem que tomar cuidado para não interferir, excessivamente nos contratos, impossibilitando os seus cumprimentos pelos devedores.

Responder

Comentar

É necessário se identificar fazendo login no site para poder comentar.
Não tem conta na ConJur? Clique aqui e cadastre-se!