Consultor Jurídico

Liberdade de expressão

Briga judicial da Parler levanta debate sobre concorrência e radicalismo político

Retornar ao texto

Comentários de leitores

2 comentários

Briga judicial ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Como perguntar não ofende, pergunta-se: foi o Poder Judiciário norte-americano que proferiu a decisão no sentido de ser excluída a plataforma Parler, devido ao conteúdo das mensagens ou foi DECISÃO UNILATERAL de plataformas que se sentiram no direito de dizer aquilo que entendem por indevido, ou seja, atribuíram-se o direito de censurar???!!! O Poder Judiciário norte-americano já está TERCEIRIZANDO suas atribuições??? O povo foi consultado a respeito??? Sabe-se que nas eleições norte-americanas além de votar nos candidatos concorrentes, o eleitor também pode votar a respeito de várias questões que lhe são apresentadas.

Responder

Informação contrarias

ielrednav (Outros)

Ao bem da verdade um assunto puxa outro na questão o site da Amazon realmente não merece confiança . Inclusive pela Conjur fato é que a Conjur anunciou um livro PRAZOS PARA ADVOGADOS sobre o NCPC comprei paguei um boleto . Esse livro seria vendido pela Amazon imaginei ser livro físico no entanto é um e-book não me interessa o livro em forma de e-book mas físico sim .Essa Amazon contrariou a verdade sobre a venda do livro em promoção da Conjur levaram dinheiro R$19,90 e não me ressarciram sobre o cancelamento um site que não merece minha confiança .Na verdade a quantia não me interessa o que se sabe é que essa empresa não leva a serio suas vendas.

Responder

Comentar

É necessário se identificar fazendo login no site para poder comentar.
Não tem conta na ConJur? Clique aqui e cadastre-se!