Consultor Jurídico

Compromisso público

Justiça do Trabalho ordena reintegração de bancária demitida durante a epidemia

Por 

Como o Bradesco assumiu compromisso público de não demitir durante a epidemia de coronavírus, a 22ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro reverteu demissão sem justa causa de uma bancária e ordenou o restabelecimento do vínculo de emprego.

Bradesco deve reintegrar bancária demitida durante e epidemia
Reprodução

A bancária, há 33 anos trabalhando no Bradesco, foi à Justiça, representada pelo escritório Stamato, Saboya & Rocha Advogados Associados, pedir sua reintegração. Ela alegou que o banco assumiu o compromisso de não demitir durante a epidemia de Covid-19.

O juiz Antonio Carlos Amigo da Cunha afirmou que o Bradesco rompeu sua promessa ao demitir a bancária. Segundo o julgador, a dispensa durante o período de crise pode ameaçar até a existência da trabalhadora, tendo em vista a escassez de empregos.

Assim, Cunha ordenou a reintegração da bancária, ficando inalteradas as condições contratuais anteriores à dispensa, inclusive com o restabelecimento do plano de saúde.

Clique aqui para ler a decisão
Processo 0100914-56.2020.5.01.0022




Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 6 de janeiro de 2021, 8h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.