Consultor Jurídico

Acusados de irregularidades

Advogado pede que secretários sejam impedidos de integrar governo Eduardo Paes

Por 

O advogado Luis Eduardo Salles Nobre pediu, neste sábado (2/1), que a 10ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro reveja decisão do plantão judiciário que negou liminar para impedir a posse de Pedro Paulo (como secretário de Fazenda, Planejamento e Controladoria) e Daniel Soranz (secretário de Saúde) em cargos na Prefeitura do Rio.

Advogado quer anular nomeação de secretários feita por Eduardo Paes
Tomaz Silva / Agência Brasil

A liminar foi negada em 30 de dezembro pela juíza Ellen Garcia Mesquita. A julgadora entendeu que o pedido de anulação das nomeações foi feito sobre, à época, fatos futuros, o que os tornam incertos.

Em emenda à petição inicial, Salles Nobre afirmou que agora a nomeação de Pedro Paulo e Soranz foi concretizada. Além disso, ele ressaltou que os dois são acusados de atos de improbidade administrativa e crimes. Dessa forma, sustentou, a presença deles no governo carioca viola o princípio da moralidade administrativa.

“A nomeação agora formalizada de ambos representa um entrave a mais nas investigações e processos em curso, com potencial risco de acesso e destruição de provas, além de toda ordem procrastinatória possível para evitar o desfecho das demandas existentes”, alegou Salles Nobre.

Dessa maneira, ele pediu a suspensão da nomeação de Pedro Paulo e Sorantz para os cargos de secretários e a proibição de que integrem o governo de Eduardo Paes (DEM).

Processo 0308391-62.2020.8.19.0001




Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 4 de janeiro de 2021, 18h43

Comentários de leitores

2 comentários

Obrigado aos Advogados

José Fernandes Da Silva Filho (Outros)

Já começou a Nova Era Paes.

Vamos olhar e cuidar do Estado mais importante do Brasil, pela sua história, sua capital que até já foi a nossa capital do Brasil.
Sou paulista, paulistano e amo meu país.
O Estado do Rio de Janeiro está passando pela pior fase de sua história.
Até o crime organizado já virou "fichinha" perto da astúcia desses políticos fluminenses.
E o povo carioca merece coisa melhor.
Garotinho, Cabral, Pezão, Crivella e Paes novamente?
Lamentável eu ter que criticar todos os últimos administradores daquele estado e capital.
Importante (para mim) deixar bem claro, não sou de orientação de esquerda, detesto petistas, psolistas, etc.
Mas, quero o melhor para o Rio e para o Brasil.

José Fernandes da Silva Filho, apenas um cidadão comum, com 63 anos e muito cansado dessa política suja e descabida.
Meus sinceros agradecimentos pela oportunidade e pela liberdade de expressão.

Não sou de esquerda

Antonio Salgado (Serventuário)

No seu comentário, José, você fez questão de ressaltar que não é de esquerda e, inclusive, "detesta" petistas e psolistas. Curioso é que todos os políticos citados/ criticados por você e que governaram o Rio de Janeiro são de direita! Fiat Lux!

Comentários encerrados em 12/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.