Consultor Jurídico

Inteligência artificial

Ministro Luis Felipe Salomão, do STJ, vai participar de webinar da FGV

Nesta sexta-feira (26/2), às 10h, o Centro de Inovação, Administração e Pesquisa do Judiciário da Fundação Getúlio Vargas (CIAPJ/FGV) promove webinar sobre a experiência do Judiciário brasileiro quanto ao uso de inteligência artificial, com mediação do ministro do Superior Tribunal de Justiça Luis Felipe Salomão.

O evento "Inteligência Artificial no Judiciário: um inventário da experiência brasileira" apresentará a primeira etapa do estudo "Tecnologia aplicada à gestão dos conflitos no âmbito do Poder Judiciário com ênfase em inteligência artificial". Também haverá debate acerca de dados abertos, proteção de dados do Judiciário e ética no uso de inteligência artificial.

O trabalho mapeou projetos de inteligência artificial desenvolvidos no Conselho Nacional de Justiça, no Supremo Tribunal Federal, no Superior Tribunal de Justiça, no Tribunal Superior do Trabalho, nos Tribunais Regionais Federais, nos Tribunais Regionais do Trabalho e nos Tribunais de Justiça.

Segundo a pesquisadora colaboradora da FGV Renata Braga, as informações ajudarão a desenvolver esses sistemas, que elevam a produtividade do Poder Judiciário e automatizam atividades, agregando celeridade. "Os resultados apontam que cerca de metade dos tribunais brasileiros possui projeto de inteligência artificial em desenvolvimento ou já implantados, na sua maioria, pela equipe interna dos tribunais, bem como a partir de parcerias entre tribunais que estão sendo capitaneadas pelo CNJ e pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT)", afirmou.

As ferramentas de inteligência artificial podem contribuir para busca de jurisprudência avançada, resolução de disputas online, análise preditiva de decisões, triagem de processos, agrupamento por similaridade de jurisprudência, transcrição de voz para textos com contexto e geração semiautomática de peças. "No que concerne às novas tecnologias, o relatório identificou que elas aumentam a produtividade e a qualidade, gerenciam a escassez a longo prazo e hoje são ferramentas essenciais à gestão dos tribunais", completou Renata.

Confira os participantes:
— Luis Felipe Salomão - ministro do STJ, coordenador do CIAPJ e professor da FGV;
— Elton Leme - desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e coordenador-adjunto da FGV Conhecimento/CIAPJ;
— Marcus Lívio Gomes - juiz federal do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2);
— Caroline Tauk - juíza federal do TRF2;
— Juliana Loss - coordenadora-executiva e pesquisadora da FGV Conhecimento/CIAPJ;
— Renata Braga - pesquisadora colaboradora da FGV Conhecimento/CIAPJ e professora da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Webinar "Inteligência Artificial no Judiciário: um inventário da experiência brasileira"
Data: sexta-feira (26/2)
Horário: das 10h às 12h
Transmissão: canal do YouTube da FGV
Inscrições gratuitas




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 25 de fevereiro de 2021, 14h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/03/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.